Corinthians é chamado por termo pejorativo em programa de televisão de Campinas

Corinthians é chamado por termo pejorativo em programa de televisão de Campinas

Por Meu Timão

262 mil visualizações 604 comentários Comunicar erro

Apresentadora usou termo pejorativo para se referir ao Corinthians

Apresentadora usou termo pejorativo para se referir ao Corinthians

Foto: Reprodução

O Corinthians foi alvo de uma brincadeira no mínimo lamentável durante transmissão do jornal televisivo TVB Notícias, da Rede Record, de Campinas. A apresentadora Gabriela Pincinato usou o termo pejorativo "gambá" para se referir ao Timão.

A chamada pronunciada pela jornalista dizia respeito a uma matéria sobre o aumento da venda de camisetas do Corinthians e da Ponte Preta na região campineira às vésperas do jogo de ida da final do Campeonato Paulista, marcado para este domingo, no Moisés Lucarelli.

"A venda de camiseta da Ponte Preta aumentou 50% aqui na região. E a do gambá não fica muito atrás: houve um aumento de 20%. Tudo isso para curtir de perto o time do coração dentro de campo", disse a apresentadora.

Até o momento da publicação desta nota, a reportagem do Meu Timão não tomou ciência de nenhum tipo de retratação por parte da apresentadora ou da emissora de televisão.

Veja mais em: Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Marcelo Aparecido de Souza foi pressionado por jogadores e torcedores no Allianz Parque

    STJD aceita pedido para julgar mérito que pode melar título paulista do Corinthians

    ver detalhes
  • Dupla voltou de Chapecó com problemas físicos e pode se tornar baixa

    Dupla será reavaliada e pode se juntar a Cássio como desfalque para Corinthians no sábado

    ver detalhes
  • Guilherme Castellani assinou com o Timão até o fim de 2020

    Goleiro da equipe Sub-20 assina primeiro contrato profissional com o Corinthians

    ver detalhes
  • Henrique quer Corinthians bem no Brasileirão até o embate pela Libertadores

    Em desembarque, Henrique fala em 'virar a chave' para se aproximar dos líderes no Brasileirão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes