100xArena: Ponte Preta é que mais sofreu entre os 53 adversários que foram a Itaquera

100xArena: Ponte Preta é que mais sofreu entre os 53 adversários que foram a Itaquera

4.1 mil visualizações 30 comentários Comunicar erro

Malcom durante a vitória sobre a Ponte Preta no Brasileiro-15

Malcom durante a vitória sobre a Ponte Preta no Brasileiro-15

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians completa 100 jogos na Arena neste domingo, diante da Ponte Preta, em confronto válido pela decisão do Paulistão. E, por coincidência do destino, a equipe de Campinas é exatamente a que mais sofreu desde a inauguração do estádio em maio de 2014.

Foram quatro confrontos, com quatro vitórias do Timão, além de oito gols a favor e apenas um contra. Um triunfo neste final de semana, além da confirmação do título estadual, consolidaria ainda mais a Ponte Preta e seu 0% de aproveitamento como a mais freguesa em Itaquera - na sequência vem o Sport, que perdeu as três vezes que foi à Arena, além de ter tomado dez gols e ter marcado apenas três.

LEIA MAIS:
Veja em fotografias a história dos 99 jogos do estádio
Timão vence sete a cada dez jogos e marca três para cada gol tomado
Após três anos, médias de público e renda seguem altas
São-paulino é o mais vazado entre os 65 goleiros adversários
A goleada que coroou o primeiro título do Corinthians no estádio
Todos os artilheiros da Arena Corinthians
Cinco treinadores já comandaram Corinthians; Carille é terceiro melhor
Cássio é o jogador que mais vezes atuou na Arena; lateral segue na cola

O primeiro duelo com a Ponte Preta foi também o mais decisivo dos quatro. Nas quartas de final do Paulistão de 2015, o triunfo por 1 a 0, com gol de Renato Augusto, deu a vaga ao Timão. O segundo aconteceu durante a campanha do hexacampeonato brasileiro, desta vez por 2 a 0, com gols de Jadson e Vágner Love. No ano passado, o terceiro e quarto duelos. E mais dois triunfos corinthianos: 2 a 1, pelo Paulistão-16, com direito a dois pênaltis perdidos, e um impiedoso 3 a 0 no BR-16, com gols de Kadu (contra), Bruno Henrique e Guilherme.

Vale lembrar que o time campineiro foi apenas um dos adversários do Corinthians nesses quase três anos de história do estádio. Outros 52 times visitaram Itaquera, sendo dez estrangeiros: Corinthian-Casuals (ING), Cerro Porteño (PAR), Cobresal (CHI), Danubio (URU), Guaraní (PAR), Nacional (URU), Once Caldas (COL), Santa Fe (COL), San Lorenzo (ARG) e Universidad (CHI), último a atuar pela Copa Sul-Americana.

São Paulo e Santos, com seis confrontos, são os mais presentes na Arena Corinthians. Na sequência, vem o Palmeiras, com cinco jogos. A Ponte Preta irá igualar o rival alviverde neste domingo, deixando para trás outros três times que foram a Itaquera em quatro oportunidades: Atlético-MG, Fluminense e Internacional.

E os gols?

A Ponte Preta também está entre as três equipes que mais tomaram gols do Corinthians na Arena. Ao lado do Goiás, com oito gols, ocupa o terceiro posto. Em segundo, vem o Sport e seus dez gols tomados nos três jogos disputados no estádio. O que mais foi vazado, porém, é disparado o rival São Paulo. Em seis Majestosos, a equipe do Morumbi levou nada menos do que 15 gols.

Em relação aos times que mais conseguiram fazer gols no Corinthians em Itaquera, os melhores colocados no ranking são os seguintes: Palmeiras (6), São Paulo (5) e Coritiba (4).

Veja mais em: Arena Corinthians.

Veja Mais:

  • Elenco alvinegro vive uma das semanas mais importantes da temporada

    Mistérios de Jair, decisão e confronto direto no Brasileiro: Corinthians vive semana decisiva

    ver detalhes
  • Léo Santos vai passar por nova avaliação na tarde desta segunda-feira

    Dúvida para a final, Léo Santos depende de nova avaliação para saber se tem condição de jogo

    ver detalhes
  • Arena Corinthians promete estar lotada nessa quarta-feira na final da Copa do Brasil

    Corinthians confirma ingressos esgotados para final da Copa do Brasil na Arena

    ver detalhes
  • Timão vai decidir título nacional na Fazendinha

    Corinthians conhece datas e horários das finais do Brasileiro Feminino; decisão é no PSJ

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes