Texto de corinthiano viraliza no Whatsapp com créditos para Pedro Bial

174 mil visualizações 65 comentários

Por Meu Timão

Rafael Castilho é cronista, sócio do Corinthians há 24 anos e coordenador do NECO

Rafael Castilho é cronista, sócio do Corinthians há 24 anos e coordenador do NECO

Arquivo Pessoal

Em meados de 2012, Rafael Castilho, cronista e coordenador do Núcleo de Estudos do Corinthians (NECO), tentou explicar o porquê da expressão "Vai Corinthians". O texto, publicado pelo Meu Timão, acabou viralizando e tomando conta da internet. Agora, em 2017, a publicação novamente aparece em peso nas redes sociais. O crédito, no entanto, é dado para Pedro Bial.

"A verdade é que isso ocorre desde 2012 quando escrevi o texto. Em geral, na internet isso acontece bastante. Muitas vezes as pessoas gostam de um texto, querem compartilhar e chamar a atenção para sua leitura. Então subtraem o autor original e colocam um autor famoso que normalmente é bastante lido. Quando isso aconteceu lá atrás, o texto corria bastante por Facebook e Twitter. Um pouco por e-mail também. Na ocasião, muitos amigos comentavam e corrigiam dizendo que eu era o autor original do texto, não o Pedro Bial Mas agora está todo mundo recebendo pelo Whatsapp. Fica difícil pra controlar", contou Rafael, sócio do Corinthians há 24 anos.

Além de Pedro Bial, torcedor confesso do Fluminense, quem também tem "assinado" o texto, compartilhado de maneira incompleta, é Luis Fernando Veríssimo, famoso cronista, humorista e cartunista do país. A falta de crédito não preocupa o corinthiano. O que lhe incomoda mesmo é o fato de o texto ser relacionado a pessoas que não torcem para o Corinthians.

"Nunca senti a necessidade divulgar o meu nome. Na verdade fiquei feliz mesmo em saber que as pessoas gostaram do texto. Recebi histórias lindas. Desde gente que leu o texto no casamento e até que leu no ouvido do pai na UTI. Quando as pessoas estão gostando isso já dá um grande prazer porque eu também me emocionei escrevendo. Primeiro tiraram o meu nome e colocaram autor desconhecido. Achei sem problemas. Creio que as pessoas se preocupam com a possibilidade de alguém tirar proveito pessoal em cima do Corinthians", afirmou.

"Mas quando colocaram o Bial eu fiquei mais puto. Nada contra ele, mas certamente nem corinthiano ele é. E o texto foi escrito com muito amor. Com o coração", concluiu.

O porquê do Vai Corinthians em vídeo

Confira o texto de Rafael Castilho na íntegra

Vez por outra, algumas pessoas perguntam o porquê do “Vai Corinthians”.
Curiosos, tentam entender porque inevitavelmente exclamamos “Aqui é Corinthians”.
Qual seria o significado destas exaltações?
A mágica de ser corinthiano não se revela somente no ato de torcer pelo Timão dentro das quatro linhas.
O jogo do Corinthians é uma forma de interpretação da realidade. A maneira como celebramos as vitórias ou lamentamos as derrotas é uma representação da vida da nossa gente.
O sofrimento, a superação, a desilusão, o engano, a paixão, a época de vacas gordas, ou as vezes de vacas magras...
A sorte, o revés, a resignação e a euforia.
A plena compreensão de que nada vem fácil na vida da gente.
Nada do que acontece dentro de campo pode fazer sentido sem que haja uma correspondência com a vida social cotidiana.
Mas tal qual aquele ditado em que “a vida imita a arte”, podemos dizer que além do Corinthians jogar o jogo como a gente joga a vida, o contrário também é verdadeiro, ou seja, experimentamos nossa vida reproduzindo a cada momento uma espécie de ética corinthiana.
Uma ideologia que aspiramos nas partidas de futebol, de alguma forma passa a orientar o nosso comportamento.
Tentarei ser um pouco mais claro.
Quando alguém te oferece uma cerveja, mas revela timidamente que vai te servir naquele famoso copo do requeijão, você responde: “Por favor, aqui é Corinthians!”.
Você é chamado para uma entrevista de emprego. Um trabalho que você esperava há tempos. Ao entrar na reunião você murmura quase em silêncio: “Vai Corinthians!”.
Ao ajudar um amigo com a mudança, ou mesmo dar aquela força para carregar cimento e “encher a laje” da casa que o cara está construindo com muito esforço. Se o camarada demonstra gratidão e oferece um abraço, é muito comum chegar no cara e dizer: “ô mano, é nois. Cê ta ligado que Aqui é Corinthians!”.
A mulher da tua vida sorri para você. Olha nos seus olhos e te oferece um beijo. O beijo que você esperou durante dias, semanas, meses ou talvez a vida inteira. Ao voltar para casa você dará socos no ar e vai gritar para a rua inteira escutar “Vai Corinthians!”.
Ano novo. Vamos estourar um Champanhe? Só tem Cidra. Tem problema?
Adivinha: “Aqui é Corinthians”.
Bateram no seu carro. Ele estava sem seguro. Você terá de trabalhar meses para arrumar o carango. Bola pra frente. Vai Corinthians!
Quem nunca ouviu essa frase: “Oi filho, seja bem-vindo na minha casa. A casa é simples, mas recebe todo mundo muito bem. Não repara a bagunça”. Inevitável resposta: “Tia, aqui é Corinthians”.
Você foi promovido? Vai Corinthians.
Sua filha se formou na faculdade? Vai Corinthians.
Vai para a balada? Vai Corinthians.
Preserva e admira as coisas mais simples da vida? Aqui é Corinthians.
Identificou-se com este texto? Aqui é Corinthians!
Moral da História: “Vai Corinthians” e “Aqui é Corinthians” são elogios a simplicidade. Demonstram uma satisfação com a própria identidade. Uma afirmação da nossa origem.
O Corinthians é a maior expressão de quem somos. Ele joga no campo reproduzindo nossa realidade.
Alguns acham que temos sorte, fazemos gols no final do jogo, vencemos pelo cansaço.
Outros que jogamos com raça.
Tudo bem. Isso não deixa de ser verdade.
Mas o que conta no final das contas é o seguinte: O Corinthians tem presença de espírito.
Nós somos o Corinthians.
E o Corinthians também está dentro de nós.
Aqui é Corinthians.

Veja mais em: Torcida do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians terá o logo preto e branco na sua camiseta

    BMG 'antecipa' logo preto e branco na camisa do Corinthians; banco mantém campanha

    ver detalhes
  • Zagueiro Gil testa positivo para Covid-19

    Corinthians confirma Gil e Natel fora de duelo com Atlético-MG e explica resultados do Covid-19

    ver detalhes
  • Carlos Augusto deve mesmo se transferir para o futebol italiano

    Corinthians perde Carlos contra o Atlético-MG por lesão e vê negócio com italianos avançar por saída

    ver detalhes
  • Luan apareceu treinando normalmente nas imagens publicadas pelo clube

    Com Luan em campo, Corinthians finaliza preparação para estreia no Brasileirão; veja possível time

    ver detalhes
  • Corinthians e Atlético-MG se enfrentam pelo Campeonato Brasileiro 2020

    Corinthians estreia no Brasileirão como 'azarão' contra Atlético-MG em sites de apostas

    ver detalhes
  • O zagueiro Gil não esteve presente no tricampeonato recente do Corinthians

    Fora do tri, Gil admite tristeza com derrota no Dérbi: 'Queria fazer parte desse título'

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: