Rodriguinho vê semana 'intensa', deixa invencibilidade de lado e revela meta do Corinthians

Rodriguinho vê semana 'intensa', deixa invencibilidade de lado e revela meta do Corinthians

4.6 mil visualizações 38 comentários Comunicar erro

Rodriguinho conversou com a imprensa no CT nesta quinta-feira

Rodriguinho conversou com a imprensa no CT nesta quinta-feira

Foto: Danilo Augusto/Meu Timão

O fato de liderar o Campeonato Brasileiro com sete pontos de vantagem permite ao Corinthians certos privilégios, correto? Nem tanto... Em entrevista coletiva concedida no fim da tarde desta quinta-feira, no CT Joaquim Grava, Rodriguinho demonstrou cansaço com a rotina intensa de treinos do Timão, que encerrou o dia com um descontraído rachão.

A gente trabalhou até forte essa semana, pegaram pesado, hoje estou dolorido. Ontem teve laboratório, por isso hoje foi mais leve. A semana foi intensa. O que a gente treinou foi a segunda linha nossa ali, para a gente ajustar mais um pouco”, afirmou Rodriguinho, que revelou a estratégia adotada por Carille nesse bom início de Série A:

“Uma equipe bem coesa, que saiba se defender e ataque bem, é o que todo mundo espera. Carille ajustou nosso esquema defensivo, o time todo marca, todos sabem a hora de correr para trás, tudo certinho. Até quem não está jogando sabe tudo, ajuda quem está na frente. Sabemos que se conseguirmos um gol, temos grande chance de vencer, porque nosso sistema defensivo é muito forte”, explicou.

Leia também:
Corinthians tem reunião com agentes de Clayton; entenda situação do atacante
Fora há 11 jogos do Corinthians, Marciel segue sem previsão de retorno; duas são as possibilidades
Às vésperas de Dérbi, Corinthians tem quatro jogadores pendurados

Além de somar três vitórias consecutivas no Brasileirão, o Corinthians ostenta a marca de 25 jogos de invencibilidade. O último revés ocorreu no dia 19 de março, para a Ferroviária, por 1 a 0. Para Rodriguinho, no entanto, o Timão precisa se ater apenas à competição. A meta, aliás, é simples: pensar a cada partida.

“A gente não pode ficar com isso na cabeça (invencibilidade). A derrota vai acontecer em algum momento, mas a gente tem que jogar forte, pensando jogo a jogo. Quando começou o campeonato, Carille estabeleceu metas e perguntou se a gente queria pensar a cada três partidas como em 2015, mas decidimos por ser jogo a jogo”, disse o camisa 26.

“Eu acho difícil terminar o campeonato invicto, uma hora vai acontecer uma derrota. Mas a gente vai tentar prolongar”, concluiu.

O Corinthians volta a campo neste sábado, contra a Ponte Preta, às 19h (de Brasília), na Arena. O confronto é válido pela 12ª rodada do torneio nacional. Em seguida, na quarta-feira, o Timão encara o rival Palmeiras no Allianz Parque.

Veja mais em: Rodriguinho.

Veja Mais:

  • Renan Areias (no centro) está no Corinthians desde os seis anos de idade

    Corinthians empresta capitão do Sub-20 para o Red Bull Brasil

    ver detalhes
  • Fessin já marcou três gols pelo Corinthians no Paulista Sub-20

    Fessin marca, Corinthians vence no Paulista Sub-20 e diminui distância para rival

    ver detalhes
  • Corinthians fechou a primeira fase na liderança e invicto no Paulista Feminino

    Corinthians vence Portuguesa e fecha primeira fase do Paulista Feminino líder invicto

    ver detalhes
  • Corinthians de Ronaldo foi eliminado pelo Tolima em 2011 e mesmo assim Tite seguiu como técnico

    Tite/11 x Loss/18: diferenças e semelhanças entre as crises corinthianas comparadas por Andrés

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes