Roberto de Andrade revela dívida atual pela Arena Corinthians: R$ 985 milhões

Roberto de Andrade revela dívida atual pela Arena Corinthians: R$ 985 milhões

Por Meu Timão

Timão ainda possui quase R$ 1 bilhão a pagar pela Arena Corinthians

Timão ainda possui quase R$ 1 bilhão a pagar pela Arena Corinthians

Foto: Divulgação/Arena Corinthians

O presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, revelou o valor atual da dívida do clube ligada à construção da Arena, inaugurada em maio de 2014. De acordo com o mandatário, o Timão deve, incluindo juros, R$ 985 milhões, quantia a ser dividida entre Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e Caixa Econômica Federal, que viabilizaram o financiamento do estádio.

“R$ 985 milhões. Não sei exato por conta de juros. Chega no fim, uma hora chega”, afirmou Roberto de Andrade, em participação no programa Globo Esportivo, da Rádio Globo.

O presidente corinthiano também lembrou que, por ora, o clube não vem pagando as parcelas mensais de cerca de R$ 5 milhões firmadas em contrato. Isso porque o Timão conversa com a Caixa há meses a fim de alongar o período total para quitação da dívida (hoje de 12 anos) e, assim, baixar a prestação.

Andrade também lembrou que a Arena Corinthians fará o clube subir de patamar depois de ser quitada, já que rendas com bilheteria entrarão diretamente nos cofres alvinegros, o que não ocorre atualmente. “Sonhávamos com o estádio, ele se tornou realidade. Agora temos que pagá-lo. Espero que o Brasil melhore. Se isso acontecer, o torcedor ajuda a nos empurrar. Quando passarmos a receber a renda, será todo jogo isso aí que vocês veem: R$ 2 milhões e pouco para o clube”, declarou Roberto, que demonstrou pouco otimismo em relação à possível venda dos naming rights (direitos de nome, em inglês) da Arena – se concretizada, tal negociação pode gerar até R$ 400 milhões ao Corinthians.

“Existem conversas. Já sentamos com dezenas de empresas, apresentamos o projeto, são coisas demoradas, geralmente são multinacionais... Uma hora vai fechar. Tem bastante frente aberta”, frisou o presidente alvinegro.

A visibilidade do Corinthians é vista como trampolim para Roberto de Andrade encontrar investimentos ao clube. Segundo ele, contudo, a situação econômica do Brasil é o principal entrave na tentativa do Timão de aumentar suas receitas.

“Devagarinho as coisas vão ficar melhor, o país tem de ficar melhor primeiro. Hoje as empresas estão recuando nos investimentos. O Corinthians é o clube que mais entrega visibilidade para qualquer anunciante. O jogo de quarta passada (contra o Palmeiras) foi mais de 40 pontos na Rede Globo. São milhões de pessoas assistindo, o produto é bom, as empresas sabem disso. Mas a conjuntura do país diminuiu os orçamentos das empresas”.

Veja mais em: Roberto de Andrade, Diretoria do Corinthians e Arena Corinthians.

Veja Mais:

  • Jô e Jadson voltaram a treinar no campo nesta quinta-feira

    Treino do Corinthians tem retornos, academia lotada e possível trote de despedida

    ver detalhes
  • Corinthians relembrou os dois títulos conquistados em 2017

    Nas redes sociais, Corinthians relembra dois títulos no ano e provoca antis

    ver detalhes
  • Meia cumpriria função que Carille deseja no Corinthians

    Segundo portal, Andrés negocia possível ida de Gustavo Scarpa ao Corinthians; candidato nega

    ver detalhes
  • Jadson viveu temporada de altos e baixos no Corinthians

    Negativa de Jadson a proposta da China lhe rendeu promessa de renovação no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes