Grito de 'Vai, Corinthians!' marca título de Nadal no US Open; Fiel ironiza comentarista

Grito de 'Vai, Corinthians!' marca título de Nadal no US Open; Fiel ironiza comentarista

Por Meu Timão

Nadal venceu US Open sob grito de 'Vai, Corinthians'

Nadal venceu US Open sob grito de 'Vai, Corinthians'

Uma cena no mínimo inusitada marcou os instantes finais da decisão do US Open do último domingo. Um dos mais importantes torneios de tênis do mundo estava prestes a ter seu campeão conhecido, quando, do alto das arquibancadas do Flushing Meadows-Corona Park, em Nova Iorque, um "louco" gritou: "vai, Corinthians!".

Foi exatamente isso que aconteceu durante a final do torneio travada entre o espanhol Rafael Nadal e o sul-africano Kevin Anderson. No chamado matchpoint (ponto final), um grito muito provavelmente de um torcedor corinthiano foi ouvido das arquibancadas. Nadal viria a se consagrar campeão, vencendo por três sets a zero, com parciais de 6/3, 6/3 e 6/4.

Leia também: Xodó do Corinthians e carrasco do Palmeiras, Romarinho negocia com arquirrival para 2018

A informação viralizou nas redes sociais graças ao tweet do comentarista Guga Chacra, correspondente da Globo News em Nova Iorque. O "problema" é que o profissional da imprensa noticiou o grito de "vai, Corinthians" em tom de crítica. E aí recebeu uma chuva de comentários de torcedores corinthianos.

"Vergonhoso", sintetizou Chacra, criticando a atitude do torcedor corinthiano. Vale aqui lembrar que, ao contrário do futebol, o ambiente do tênis é marcado por silêncio nas arquibancadas durante a disputa dos pontos.

"Vergonhoso seria ele gritar Globo News", respondeu um corinthiano. "Vai Corinthians é um grito Mundial", enalteceu outro. "Vergonhoso pq? Matou alguém? Que drama", argumentou um internauta.

Vale lembrar que essa não é a primeira vez que um suposto grito de "vai, Corinthians" ganha repercussão internacional. Em 2015, durante discurso proferido pelo então presidente dos Estados Unidos Barack Obama, na Casa Branca, em Washington DC, um torcedor corinthiano presente entre os convidados teria soltado justamente o mais tradicionais dos gritos alvinegros, sendo flagrado por algumas emissoras de televisão e rádio locais.

Veja mais em: Torcida do Corinthians.

Veja Mais:

  • Titulares que não jogaram na Argentina foram a campo nesta sexta

    Trio trabalha com bola e Corinthians deve ter força máxima no Majestoso

    ver detalhes
  • Fiel poderá comparecer novamente a um treino na Arena

    Na véspera do Majestoso, Corinthians promove treino aberto à torcida na Arena

    ver detalhes
  • Arbitragem tem sido assunto recorrente no dia-a-dia do Corinthians

    Levantamento: todos os erros contra e favor do Corinthians no Brasileirão 2017

    ver detalhes
  • Guilherme Arana não jogou na Argentina, mas volta no Majestoso

    Arana fala em ano perfeito com título do Corinthians e fracasso do São Paulo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes