Após erro a favor do Corinthians, CBF implementa tecnologia já na próxima rodada do Brasileirão

59 mil visualizações 289 comentários

Por Meu Timão

Gol irregular de Jô motiva verdadeiro 'rebuliço' no Brasileirão

Gol irregular de Jô motiva verdadeiro 'rebuliço' no Brasileirão

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Um novo tipo de Campeonato Brasileiro deve ter início já a partir da próxima rodada. Tudo por conta de um erro de arbitragem que favoreceu o Corinthians, atual líder da Série A, na vitória por 1 a 0 sobre o Vasco. Segundo o coronel Marcos Marinho, chefe da Comissão Nacional de Arbitragem, a CBF implementará o árbitro de vídeo – em inglês, video assistant referees (VARs) –, sistema que evitará decisões equivocadas tomadas por juízes.

“A decisão foi comunicada pelo presidente a nós, e vamos implementar na rodada do final de semana”, confirmou Marinho ao site GloboEsporte.com.

A medida adotada pela Confederação Brasileira de Futebol é uma resposta, principalmente, à direção do Vasco, que reclamou a respeito do gol marcado pelo centroavante na derrota para o Corinthians. O camisa 7 utilizou o braço para completar cruzamento de Marquinhos Gabriel. Nem o juiz nem seus assistentes viram o toque irregular.

Ainda de acordo com o chefe de arbitragem, o alto valor da tecnologia não impedirá a entidade máxima do futebol nacional. “Não importa quanto custar. Vamos implementar”, limitou-se.

Uma reunião nesta terça-feira tende a definir os detalhes inerentes ao árbitro de vídeo.

O Corinthians volta a campo pelo Brasileirão no próximo domingo, diante do rival São Paulo, às 11h (de Brasília), no Morumbi. Antes, a equipe de Fábio Carille decide vaga nas quartas de final da Copa Sul-Americana contra o Racing, da Argentina, nesta quarta-feira, em Buenos Aires.

Afinal, como funciona o árbitro de vídeo?

PASSO 1

O árbitro principal (campo) faz a marcação que acredita ser a correta, mas informa ao árbitro de vídeo que deseja conferir as imagens de um determinado lance ou o árbitro de vídeo indica ao árbitro principal que a marcação deveria ser conferida.

PASSO 2

O árbitro de vídeo assiste ao replay e relata o que viu ao árbitro principal, que tem sempre a palavra final. Ainda haverá a definição quanto à captação das imagens. Podem ser as geradas pela TV detentora dos direitos de transmissão da competição ou por uma estrutura da própria entidade organizadora.

PASSO 3

Árbitro de vídeo aceita a informação do árbitro de vídeo, que está em uma cabine do estádio, para revisar ou confirmar a marcação. Outra alternativa é o árbitro assistir às imagens ao lado do assistente do árbitro de vídeo (ou quatro árbitro), na lateral do campo, e tomar a sua decisão.

Fonte: Site oficial da CBF

Veja mais em: Erros de arbitragem, Campeonato Brasileiro e .

Veja Mais:

  • Boca Juniors vai pagar menos por casos de racismo do que Corinthians por infração a artigo que trata de propaganda no banco de reservas

    Conmebol multa Boca por racismo; valor é menor que pena ao Corinthians por propaganda no banco

    ver detalhes
  • Vítor Pereira foi anunciado há exatos três meses pelo Corinthians; seu primeiro jogo, porém, aconteceu dias depois

    Vítor Pereira completa três meses de Corinthians com 52.63% de aproveitamento; relembre trajetória

    ver detalhes
  • Caio Mello não faz mais parte do quadro de funcionários do Corinthians

    Fisioterapeuta deixa o Corinthians após mais de 13 anos

    ver detalhes
  • Abimael, à direita, assinou com o Corinthians por dois anos

    Corinthians acerta contratação de lateral-esquerdo ex-Palmeiras para o Sub-20

    ver detalhes
  • Fagner correu ao redor do gramado nesta segunda-feira, no CT Joaquim Grava

    Fagner inicia transição e elenco do Corinthians faz treino em casa após empate no Majestoso

    ver detalhes
  • Torcedor do Corinthians precisa parar de procurar problema onde não tem

    [Mayara Munhoz] Torcedor do Corinthians precisa parar de procurar problema onde não tem

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x