Árbitro de Corinthians e Grêmio quebra silêncio e estuda processo contra presidente que o xingou

Árbitro de Corinthians e Grêmio quebra silêncio e estuda processo contra presidente que o xingou

3.8 mil visualizações 58 comentários Comunicar erro

Héber Roberto Lopes falou na Arena Corinthians

Héber Roberto Lopes falou na Arena Corinthians

Foto: Meu Timão / Larissa Lima

Héber Roberto Lopes se tornou um dos principais personagens do duelo entre Corinthians e Grêmio, que terminou empatado sem gols na noite desta quarta-feira, antes mesmo dele começar. Tudo porque o presidente do clube gaúcho, Romildo Bolzan Jr., o chamou de "careca paranaense vagabundo". Após o duelo em Itaquera, o árbitro quebrou o silêncio.

"Foi um fardo que tiramos, mas a vida segue. Fim de semana tem rodada, arbitragem sempre está em um momento difícil, mas temos pessoas que nos dão suporte. Graças a Deus eu tenho uma experiência no futebol que proporcionou que eu ficasse tranquilo, e os jogadores também colaboraram. Muitos jogadores na partida questionando: 'poxa, uma situação diferente'. Mas vida que segue. Obrigado pela oportunidade de falar também, e vamos seguir a vida", afirmou, ainda na Arena Corinthians.

Leia também:
Carille vê lado bom de empate com Grêmio e enaltece 'vantagem muito grande' do Corinthians
Jogadores do Corinthians citam dificuldades diante do Grêmio e afirmam: 'A gente continua forte'
Carille e dupla de meias são eleitos vilões de tropeço do Corinthians contra Grêmio

Na sequência, Héber Roberto Lopes falou sobre a responsabilidade de comandar um duelo entre dois dos melhores times da competição nacional.

"Sei da responsabilidade que é, não só o líder contra o segundo, como todos os jogos precisam de muita atenção e muito empenho. A partir de amanhã (quinta-feira) vou me inteirar, já tenho à disposição alguns advogados para se inteirarem do fato. Eu não posso falar nada, porque procurei ficar distante", afirmou.

O árbitro ainda não sabe se processará o presidente do Grêmio, algo que decidirá em conjunto com seus advogados.

"Amanhã (nesta quinta) vou rever os fatos e vou me pronunciar de uma maneira diferente. Tenho que me atentar ao que foi dito. A comissão nacional de arbitragem pediu para que eu me concentrasse apenas no jogo. Com os advogados vamos procurar nos inteirar do que foi dito, a maneira, com quais palavras... vamos estudar e tomar uma decisão. Nesse momento, qualquer coisa que eu falar aqui é muito precoce. Amanhã vamos tomar uma maneira mais concreta", finalizou.

Em tempo: não houve lances polêmicos no empate sem gols entre Corinthians e Grêmio.

Veja mais em: Arbitragem e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Thiaguinho é um dos mais cotados a substituir Maycon no Corinthians

    Emprestados, contratação e opções no elenco: a 'volância' do Corinthians pós-Maycon

    ver detalhes
  • Ralf marcou o gol do Corinthians no empate de 1 a 1 contra o Deportivo Táchira

    Corinthians e Libertadores-2012 animam internautas após tropeço do Brasil na estreia da Copa

    ver detalhes
  • Maycon assinou com o clube ucraniano e já posou para fotos com a nova camisa que defenderá

    Maycon deixa Corinthians e assina contrato de cinco anos com Shakhtar Donetsk

    ver detalhes
  • Evento de Low Parking na Arena Corinthians

    Arena Corinthians volta a receber evento de carros personalizados; veja fotos

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes