Antes de brilhar no Corinthians, zagueiro fez faculdade e trabalhou em escritório no Paraguai

Antes de brilhar no Corinthians, zagueiro fez faculdade e trabalhou em escritório no Paraguai

Por Meu Timão

3.8 mil visualizações 37 comentários Comunicar erro

Balbuena foi estudante de contabilidade quando jovem

Balbuena foi estudante de contabilidade quando jovem

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Quem vê Fábian Balbuena se destacando na equipe do Corinthians com a bola nos pés, medalhas no peito e troféus em mãos, mal pode imaginar que, há poucos anos, o zagueiro paraguaio cursava faculdade de contabilidade e trabalhava na área em um escritório.

A revelação foi feita pelo próprio Balbuena em entrevista concedida ao site da ESPN Brasil e publicada nesta segunda-feira. Ele fez dois anos do curso de contabilidade em uma universidade pública no Paraguai e trabalhou em uma empresa em Ciudad Del Este.

"Eu era auxiliar contábil e ajudava a contadora a fazer os balanços, inventários, faturas e carregar o livro diário. Todo dia estava no escritório e foi algo bem diferente porque tinha 18 anos", contou o camisa 4 do Corinthians.

"Nessa época eu fazia a contabilidade de uma empresa petrolífera e de gás muito grande por aqui. Tinha um movimento financeiro muito grande e eram valores altíssimos que nós cuidávamos. Aprendi demais nesse período", completou.

O saldo do tempo que cursou contabilidade foi hoje ter habilidade não apenas com a bola nos pés mas também com a calculadora em mãos. Balbuena, além de zagueiro, é também o responsável pelas finanças na família.

"A faculdade me ajudou muito a ter noção de administrar as minhas próprias coisas e a ter facilidade com números. Eu faço contas com bastante rapidez. Eu fico a cargo da questão financeira da minha família", comentou.

Para se tornar jogador profissional de futebol, contudo, Balbuena precisou deixar os estudos de lado e trilhar unicamente o caminho dos gramados. Após passagens de sucesso por Cerro Porteño de Presidente Franco, Rubio Ñu, Nacional e Liberdad (todos do Paraguai), o zagueiro foi contratado pelo Corinthians no ano passado.

"Fiquei nessa vida até metade de 2011, quando eu estava no segundo ano de faculdade e nosso o time era líder da Série B. Como estávamos bem na competição, precisei deixar faculdade e o trabalho para me dedicar somente ao futebol", finalizou o atual campeão paulista e brasileiro defendendo as cores do Timão.

Veja mais em: Balbuena.

Veja Mais:

  • Na segunda partida da temporada, Corinthians de Carille já conheceu o sabor da derrota

    Corinthians marca no início, mas leva virada e sofre primeira derrota no Campeonato Paulista

    ver detalhes
  • Gustagol sobe de cabeça contra zaga do Guarani; camisa 19 é ponto alto do Timão

    Gustagol é eleito craque, e trio de defensores decepciona na primeira derrota do Corinthians em 2019

    ver detalhes
  • Argentino Mauro Boselli já treina com bola e pode estrear no fim de semana

    Carille é cauteloso, mas não descarta estreia de Boselli contra Ponte Preta

    ver detalhes
  • Arana voltou a atuar pelo Sevilla, mas segue na mira do Corinthians

    Duílio garante que rumo das negociações não mudam após Arana voltar a atuar pelo Sevilla

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes