Com academia e nutricionista, atacante do Corinthians promete '90 minutos' em 2018

33 mil visualizações 36 comentários

Por Meu Timão

Clayson teve grande importância na consolidação do título do Corinthians

Clayson teve grande importância na consolidação do título do Corinthians

Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

O Corinthians deve ganhar uma espécie de reforço dentro do próprio elenco de 2017 em 2018. Trata-se do atacante Clayson, de 22 anos. O jogador, contratado da Ponte Preta após a última edição do Campeonato Paulista, faz trabalho especial durante as férias para aguentar 90 minutos de partida, sem precisar ser substituído, na próxima temporada.

Em entrevista concedida ao portal Globoesporte.com e publicada nessa sexta-feira, Clayson revelou ter sofrido com câimbras ao longo de sua adaptação com a camisa do Corinthians. Não à toa, demorou para ser colocado como titular pelo técnico Fábio Carille - apenas a partir do clássico contra o Palmeiras disputado no início de novembro.

"É que sofro um pouco de câimbras. Estou fazendo um trabalho nutricional e na academia para elas irem sumindo e eu poder aguentar os 90 minutos. No meu último jogo, fiz os 90 minutos e tive também alguns outros. Depende da intensidade do jogo. Mas em 2018 vou evoluir", contou o jovem jogador.

No entendimento de Clayson, a função tática desempenhada a pedido de Carille é uma das causas do problema físico que o atrapalhava já desde os tempos de Ponte Preta.

"É uma posição que dificilmente o jogador termina o jogo. É claro que conseguir é importante, mas é uma posição que exige bastante", disse, se referindo à ala do Timão.

Fala, professor!

Também em entrevista ao Globoesporte.com, o técnico corinthiano, Fábio Carille, falou sobre a situação de Clayson. O treinador reconheceu que há todo um trabalho de recuperação por trás, nos bastidores, e sinalizou um atacante mais preparado em 2018.

"Pelas informações que pegamos com Ituano e Ponte Preta, Clayson dificilmente terminava jogo pela questão física. Ele está passando por um processo para aguentar 90 minutos. Envolve alimentação, suplementação e musculação. Eu tinha essa dúvida de ter só ele com essa característica. E se a gente sair perdendo, e o Clayson sentisse com 20 minutos do segundo tempo? Era um desafio", declarou, lembrando as passagens do atacante por seus ex-clubes do estado de São Paulo.

Veja mais em: Clayson e Fábio Carille.

Veja Mais:

  • Corinthians foi derrotado pelo Palmeiras

    Corinthians é superado pelo Palmeiras e sofre primeira derrota como mandante no Brasileirão

    ver detalhes
  • Corinthians ainda pode ser ultrapassado na tabela nesta rodada

    Corinthians vê Palmeiras abrir vantagem e pode perder posição no Brasileiro; veja tabela

    ver detalhes
  • Treinador do Corinthians deu respostas duras durante a coletiva após o Dérbi

    VP ironiza pergunta sobre medo de ser demitido do Corinthians: 'Sabe quanto dinheiro eu tenho?'

    ver detalhes
  • Renato Augusto foi eleito o melhor do Corinthians na noite contra o Palmeiras

    Meia é eleito craque do Corinthians em noite de derrota em Dérbi; lateral é o pior

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians cobrou os jogadores após derrota no Dérbi

    Torcedores do Corinthians cobram atletas na saída do estádio após derrota em Dérbi

    ver detalhes
  • Cássio subiu mais um degrau na lista de atletas históricos do Corinthians

    Cássio ultrapassa lenda dos anos 50 e se torna o segundo jogador com mais partidas pelo Corinthians

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x