Batizado por Marcelinho e à espera de Sheik: o Buraco do Tatu, lugar mais corinthiano do Brasil

Batizado por Marcelinho e à espera de Sheik: o Buraco do Tatu, lugar mais corinthiano do Brasil

23 mil visualizações 83 comentários Comunicar erro

Espaço é inteiramente dedicado ao Corinthians

Espaço é inteiramente dedicado ao Corinthians

Foto: Reprodução/Instagram

Apaixonado pelo Corinthians desde pequeno, Douglas Marcos Soares, conhecido como "Tatu", nunca deixou de acompanhar o Timão. Para assistir às partidas fora de casa, no entanto, o alvinegro alternava entre os bares e a sala da própria casa. Essa realidade começou a mudar em 2010.

Visando a Copa do Mundo, ele planejou um espaço à parte nos fundos de sua casa, em Pirituba, zona oeste de São Paulo, onde se reunia com amigos para acompanhar as partidas. O local acabou, depois da competição, se tornando uma espécie de ponto de encontro da Fiel. "Toda quarta-feira a gente se reunia ali para ver os jogos. Com exceção dos jogos no Pacaembu, que íamos ao estádio", relembra.

Sobram itens do Corinthians no espaço

Sobram itens do Corinthians no espaço

Reprodução/Instagram

Mesmo acolhendo bem os amigos corinthianos, faltava algo ao espaço. Em 2012, então, outro Mundial ativou a criatividade de Tatu. Dessa vez era o Corinthians, que disputava a final contra o Chelsea, da Inglaterra, no Japão. "Eu tinha muita coisa do Timão. Camisa, pôster, essas coisas. Uma semana antes do Mundial me deu a louca. Pensei em personalizar todo o espaço para o confronto", conta.

Além dos itens do clube, Douglas resolveu pintar as paredes do local. Primeiro, chamou um amigo grafiteiro para personalizar sua geladeira e estampar São Jorge em um dos muros do local. A cada ano que se passava, o artista voltava para dar um toque ainda mais alvinegro ao "Buraco do Tatu" - o nome também foi colocado na parede. Aos poucos, os tons de bege deram espaço total ao preto e branco do Timão.

Até a geladeira ficou com a cara do Corinthians

Até a geladeira ficou com a cara do Corinthians

Reprodução/Instagram

Com as cores do Corinthians, caricatura de ídolos e tantas história, o local acabou virando uma espécie de santuário para Douglas, que não troca a vista que tem de sua janela por nada. Vale destacar que o espaço é pessoal e não está aberto à visitações.

"O Buraco do Tatu é tudo. Minha vida, minha história, meu amor. Eu tenho uma tradição todo dia. Quando eu acordo, a primeira coisa que eu faço é abrir minha janela e olhar para lá. Eu não me vejo tendo que morar em outro lugar. Já avisei minha mãe, daqui eu não saio por nada. Às vezes temos nossos problemas. Eu desço ali, começo a assistir a um DVD do Coringão, tomo uma cerveja, relaxo e vou dormir zerado", valor

Visita ilustre

Entre os tantos ídolos colocados por seu amigo grafiteiro na parede, está, claro, Marcelinho Carioca. O que Douglas nunca imaginou é que o Pé de Anjo veria sua caricatura pessoalmente. Em 2015, a TV Record promoveu a visita especial, que até hoje emociona o corinthiano.

"Eles chegaram a falar comigo sobre a possibilidade, mas falaram que iam tentar. Quando eles chegaram, não tinha ninguém. Já estava ótimo, o reconhecimento de ter uma matéria. Gravamos toda a matéria, daqui a pouco a campainha tocou. Me falaram que era alguém da produção", relembra.

"A hora que eu abri o portão e vi o Marcelinho, não sabia o que fazer. Saiu as lágrimas, mas eu não conseguia abrir a boca para nada. É meu ídolo de infância. Quando você vê que ele está na sua casa, te falta reação. É uma sensação muito louca. O maior dia da minha vida", completou.

Douglas e seu visitante mais especial no Buraco do Tatu

Douglas e seu visitante mais especial no Buraco do Tatu

Reprodução/Instagram

Depois de uma partida inteira ao lado de seu ídolo, Tatu sonha com outra visita especial. Fã de muitos nomes, o corinthiano não pensa em escolher, mas admite que tem um nome preferido para ir ao Buraco.

"Emerson Sheik. Tenho até a caricatura, porque o que ele fez na Libertadores. Os dois golaços contra o Boca Juniors, o jeito que jogou, a catimba. Ele é ídolo para mim", revelou.

Tudo é preto e branco no Buraco do Tatu

Tudo é preto e branco no Buraco do Tatu

Reprodução/Instagram

O que pensam os rivais

Na Recopa Sul-Americana de 2013, alguns são-paulinos tiveram a oportunidade de acompanhar a partida no Buraco do Tatu. Apesar da rivalidade, todos se impressionaram com o espaço. Alguns, é claro, brincam que o espaço é muito poluído, mas Douglas explica que é preciso um exercício de imaginação para entender o que o local significa.

"Eu pedi que eles olhassem como se fosse do time deles, imaginasse como ficaria. Aí eles entendem e acham ainda mais legal. Na rua muita gente me reconhece, por causa das matérias, e elogia o espaço", explicou.

A primeira visão diária de Douglas: uma espécie de ritual

A primeira visão diária de Douglas: uma espécie de ritual

Reprodução/Instagram

Veja mais em: Torcida do Corinthians e Especiais do Meu Timão.

Veja Mais:

  • Com grande atuação de Pastor & cia., Corinthians conquistou Liga Ouro e estará no NBB

    Corinthians sobra no último quarto, bate São José e é campeão da Liga Ouro; time vai ao NBB

    ver detalhes
  • Bruno Savignani é campeão da Liga Ouro à frente do Corinthians

    Savignani se emociona com volta do Corinthians à elite do basquete e exalta Fiel

    ver detalhes
  • Timão e Grêmio podem se enfrentar na Arena Corinthians, em Itaquera

    Amistoso em Cuiabá é cancelado, e Corinthians cogita receber Grêmio na Arena

    ver detalhes
  • Jonathas está na mira do Corinthians, que já vê concorrente pelo centroavante brasileiro

    Corinthians vê clube turco demonstrar interesse por Jonathas

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes