Rodriguinho revela dificuldade para se adaptar a esquema sem centroavante no Corinthians

Rodriguinho revela dificuldade para se adaptar a esquema sem centroavante no Corinthians

Por Meu Timão

2.8 mil visualizações 94 comentários Comunicar erro

Rodriguinho sente falta de receber a bola de frente para o gol

Rodriguinho sente falta de receber a bola de frente para o gol

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Buscando tirar o melhor do elenco que tem em mãos, Fábio Carille já usou três esquemas na atual temporada. Nas últimas partidas, a estratégia mais utilizada foi o 4-2-4. Nessa formação, não há um atacante mais avançado e a dupla de meias centrais é que avança e entra na área. Rodriguinho, um dos responsáveis por isso, assumiu que não se sente tão à vontade com a função.

"Eu tenho de receber (a bola) muito mais de costas e, quando consigo girar, não tenho ninguém à frente. Tenho só dois dos lados. Tenho que tocar do lado e correr para a área ainda. Antigamente, tinha um pivô. Toco nele e vou de encontro para finalizar ou tabelar com ele. Na minha humilde opinião, o Carille é quem sabe, isso causa uma certa dificuldade para mim", revelou, em entrevista ao "Bem, Amigos!", da SporTV, nesta segunda-feira.

Leia também:
Pedrinho se coloca à disposição em outras funções e confia em titularidade na 'hora certa'
Golaço de Matheus Matias e ausência de Jadson: Corinthians inicia preparação para decisão na Arena

A tabela relatada por Rodriguinho acontecia muito em 2017, com Jô no comando do ataque alvinegro. Apesar da dificuldade encontrada pelo camisa 26, o esquema deu muito certo contra o Palmeiras. O meia foi, inclusive, o grande destaque da partida. Mesmo assim, sente falta de vir mais de trás. Vale lembrar que ele foi se aproximando cada vez mais do gol. Em 2015, por exemplo, era o reserva imediato do volante Elias.

"Para mim, é uma novidade. Nunca joguei assim. Contra o Palmeiras deu certo. Mas não é o que estou acostumado. Gosto de vir trazendo a bola de frente, para a tabela, um chute de fora (da área). Estou tentando me adaptar. No jogo do Palmeiras eu estava com um pouco de medo do novo esquema. Mas que bom que deu certo", comentou.

Apesar de seguir utilizando o esquema sem centroavante, Fábio Carille tem testado outras alternativas. A principal delas é ter Emerson Sheik mais adiantado, possibilitando tabelas e enfiadas de bola. No outro lado da moeda, a torcida cobra chances para Matheus Matias, que vem se destacando nos treinos.

Veja mais em: Rodriguinho.

Veja Mais:

  • Pedrinho vem recebendo chances no segundo tempo de boa parte das partidas do Corinthians

    Pedrinho é sondado por clubes da Série A; Corinthians veta saída e banca plano de carreira

    ver detalhes
  • Zagueiro é quarta opção para setor que já tem dupla titular consolidada

    Corinthians estuda empréstimo para dar rodagem a Léo Santos; três clubes de olho

    ver detalhes
  • Palmeiras cedeu imagens em tentativa de ajudar Kroll na investigação

    Investigadores contratados pelo Palmeiras viram piada entre corinthianos; caso pode parar na Suíça

    ver detalhes
  • Parque São Jorge foi palco da aprovação do balanço financeiro do Corinthians

    Finanças do Corinthians são aprovadas com explicações sobre déficit de R$ 35 milhões

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes