Festa do Corinthians tem mais de 130 mil pessoas

Festa do Corinthians tem mais de 130 mil pessoas

Por Meu Timão

Mais de 130 mil pessoas foram na festa da viraad

Mais de 130 mil pessoas foram na festa da viraad

Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com

 Nas comemorações de réveillon, o branco é a cor obrigatória nas vestimentas do povo para celebrar a virada de ano. Mas nesta terça-feira, dia 31 de agosto, o preto também foi essencial. Afinal, era a noite da virada do Corinthians, em comemoração dos 100 anos de existência do clube, completados neste 1º de setembro de 2010. Para celebrar a data mais que especial, os corintianos fizeram uma grande festa no Vale do Anhangabaú. Para 100 anos de vida, cerca de 130 mil pessoas transformaram o centro da capital paulista em uma terra alvinegra.

 A expectativa pela chegada do aniversário do Timão começou ainda no Parque São Jorge, onde o Clube dos 13 se reuniu para receber o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Mandatários dos principais clubes brasileiros ouviram a autoridade maior do país colocar a alma corintiana em evidência durante um discurso que arrancou aplausos e risadas. A primeira-dama Marisa Letícia, quem diria, às vezes tira o presidente da sala por achar que ele dá azar, confessou o próprio. Ele estava duplamente feliz: pelo aniversário do centenário clube do coração e pelo nascimento do neto Pedro, mais um corintiano que veio ao mundo nesta terça. Antes mesmo de o Anhangabaú receber os torcedores, ainda à tarde, a polícia recebeu uma ligação dizendo que alguém tinha deixado um objeto suspeito em uma caçamba no local. O Gate (Grupo de Ações Táticas Especiais) fez uma varredura e não achou nada. Estava tudo pronto para receber o “bando de loucos”! Enquanto Lula falava no Parque São Jorge, o público já chegava em grande número para a festa no Vale. Eram 10, 20, 30 mil... e logo tinham cerca de 130 mil pessoas espremidas entre as grades que faziam a proteção do palco até o fim do espaço destinado à festa. Alguns sofreram muito, sufocados pela multidão; vários tentaram invadir a área de imprensa, mas a polícia agiu rápido e impediu que chegassem à segunda grade. Uma policial, horrorizada com a quantidade de torcedores apertados contra as divisões de proteção, lamentou: - Isso aqui não é festa de gente... Muitos desmaiaram e precisaram ser carregados por oficiais até o atendimento. Outros se penduraram em uma torre que funcionava como central de energia do palco. As árvores também se transformaram em “camarotes”. Tudo para que cada um pudesse ver as atrações que estavam comandando a festa.

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes