Corinthians libera e Iarley acerta com o Ceará

Corinthians libera e Iarley acerta com o Ceará

Por Meu Timão

O Ceará anunciou nesta terça-feira a contratação do atacante Iarley, que defendeu o Corinthians em 2010. O jogador, de 36 anos, foi liberado pelo clube paulista, com quem tinha contrato até junho de 2011.

 

Iarley nasceu em Quixeramobim, no Ceará, e defendeu Ferroviário, Quixadá, Uniclinic e o próprio Ceará em seu Estado. Também passou por Internacional, Goiás e Corinthians no futebol brasileiro, além de ter atuado por Real Madrid B, Ceuta-ESP, Melilla-ESP, Boca Juniors e Dorados-MEX no exterior.

 

O veterano atacante foi contratado pelo Corinthians em janeiro de 2010 como aposta para a Copa Libertadores da América, competição que já ganhou por Boca Juniors e Internacional. No entanto, teve desempenho abaixo da expectativa. Marcou apenas 10 gols em 57 jogos, viu a equipe ser eliminada nas oitavas de final e irritou boa parte da torcida pelo excesso de chances perdidas ao longo da temporada.

 

Iarley é o terceiro atacante que o Corinthians libera para a próxima temporada. Também deixaram o clube Souza, que se transferiu para o Bahia, e Defederico, que ainda não encontrou outro time para jogar. Por enquanto, Tite conta com Ronaldo, Dentinho, Jorge Henrique e William Morais para o setor em 2011. 


Fonte: Estadão

Veja Mais:

  • Timão venceu rival brasileiro em Orlando e carimbou classificação à final da Florida Cup Playoff

    Em noite de estreias e gol de Kazim, Corinthians goleia o Vasco na Florida Cup

    ver detalhes
  • Craque da partida, Kazim marcou um gol e deu uma assistência em apenas 45 minutos; Cristian foi abaixo

    Time reserva supera titular em notas da partida

    ver detalhes
  • Carille já foi avisado que Fagner e Rodriguinho podem ser convocados

    Além de Fagner, meia do Corinthians pode ser chamado por Tite para a Seleção Brasileira

    ver detalhes
  • Jadson coloca Corinthians como prioridade após retorno ao Brasil

    [Marco Bello] Jadson coloca Corinthians como prioridade após retorno ao Brasil

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes