Andrés Sanchez explica mudança em data das eleições no Corinthians

Andrés Sanchez explica mudança em data das eleições no Corinthians

Promessa antiga, o presidente do Corinthians Andrés Sanchez conseguirá tornar legal a sua saída na primeira quinzena de dezembro de 2011, dois meses antes do fim de seu mandato. Em janeiro do próximo ano, o Estatuto do clube deve sofrer algumas outras alterações e tornar tal medida uma regra.

A intenção com a nova medida é possibilitar ao novo presidente montar o time antes da temporada seguinte ter início. Sanchez pediu ao Conselho Deliberativo do Corinthians que colocasse em votação uma alteração da eleição presidencial de fevereiro para dezembro.

“Em janeiro o Conselho deve votar esse pedido que fiz. É algo justo. Não tem motivo para eu montar o time de 2012 e depois o presidente eleito não poder fazer nada. O Corinthians nunca mais vai ter dono. O estatuto novo é uma vitória e com as novas alterações vai ficar melhor”, declarou Andrés Sanches à Rádio Globo.

Se a medida for votada como quer o dirigente, a partir do ano que vem as eleições no Corinthians ocorrerão em dezembro, e não mais em fevereiro. “Não adianta eu montar um time e deixar na mão de outro presidente. Aí não dá certo e a pessoa vai falar que não foi ele quem montou. Não quero isso”, disse.

Sem mais poder ser reeleito, André Sanchez agora quer descansar. “Eu quero curtir meus filhos e descansar. Só volto a trabalhar no Corinthians na diretoria se eu ficar louco de novo”, finalizou.

Fonte: Justiça Desportiva

Enviado por: will2s

Veja Mais:

  • Pedrinho passa por trote e ataca de cantor na concentração do Corinthians

    Pedrinho passa por trote e ataca de cantor na concentração do Corinthians

    ver detalhes
  • Reinaldo Rueda recebeu oferta do Corinthians após demissão de Oswaldo de Oliveira

    Rueda volta a lamentar não ter vindo para o Corinthians no fim do ano

    ver detalhes
  • Timão estreia na Copa Sul-Americana apenas em abril

    Conmebol divulga premiação de todas as fases da Copa Sul-Americana

    ver detalhes
  • Mario Celso Petraglia, presidente do Conselho do Atlético-PR, citou o Corinthians para falar da grama sintética

    Veto à grama sintética faz presidente do Atlético-PR criticar cota de TV do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes