Contratação de atacante, finanças e eleição pressionam Andrés

Contratação de atacante, finanças e eleição pressionam Andrés

Andrés Sanchez termina o ano pressionado. Aliados do presidente corintiano cobram diariamente a contratação de um atacante. Avaliam que o cartola, em seu último ano de mandato, está mais preocupado em controlar as finanças do que em reforçar o time.

Em 2010, o clube precisou fazer muitos empréstimos bancários. De acordo com os próprios dirigentes até amigos de Andrés foram avalistas em alguns deles. Só até outubro foram R$ 53,9 milhões em empréstimos. É louvável que ele esteja preocupado em pagar as contas antes de passar o bastão.

Mas, a agenda do presidente às vésperas do Natal revelou outra preocupação de Andrés: a eleição para presidente do clube. Ele já está em ritmo eleitoral, apesar de ter um ano inteiro de mandato pela frente. Conversou com opositores e almoçou com Paulo Garcia, pré-candidato da oposição e que já está em campanha. Um gesto de aproximação difícil de ser interpretado. A não ser como termômetro de como a política pode tomar espaço do futebol em mais um ano de luta do Corinthians pelo inédito título da Libertadores.

Fonte: Blog do Perrone

Enviado por: will2s

Veja Mais:

  • Cássio (à dir.) foi apresentado como reforço do Corinthians ao lado de Felipe, hoje no Porto

    'Nunca me imaginei jogando no Corinthians': Cássio conta bastidores da chegada ao Timão

    ver detalhes
  • Torcedores seguem se associando ao Corinthians

    Em nova atualização do Fiel Torcedor, número de sócios do Corinthians segue crescendo

    ver detalhes
  • Arena Corinthians pode ser palco de torneio de pré-temporada em 2018

    Copa-2018 e troca de gramado deixam Corinthians cauteloso sobre torneio de pré-temporada na Arena

    ver detalhes
  • Gil e Felipe estão entre as vendas mais caras da equipe de 2016

    Jovem que atuou 17 minutos pelo Flamengo rende mais que todas as vendas do Corinthians em 2016

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes