Multa de Ganso é reduzida, e DIS volta a negociar com Corinthians

Multa de Ganso é reduzida, e DIS volta a negociar com Corinthians

Por Meu Timão

Mano podia convencer o Ganso a jogar num time grande

Mano podia convencer o Ganso a jogar num time grande

A multa rescisória do meia Paulo Henrique Ganso, que era de R$ 66 milhões para o futebol brasileiro e R$ 115 milhões para o exterior, diminui em 10% a partir desta terça-feira, devido a uma cláusula no contrato do atleta com o Santos que obriga a redução após um ano de acordo (o contrato foi assinado em fevereiro de 2010). Em meio à redução da multa, o iG apurou que a DIS, braço esportivo do Grupo Sonda, agendou uma nova reunião com o presidente Andrés Sanchez nesta semana para tentar colocar Ganso no Corinthians.

Com o reajuste, o Corinthians teria um “desconto” de 10% para contratar o meia e pagaria R$ 59,4 milhões, novo valor da multa para clubes do Brasil.

Apesar de a diretoria santista e o jogador manifestarem a vontade de permanência na Vila Belmiro, os representantes do atleta voltaram a se encontrar com o presidente corintiano na semana passada.

Nas últimas reuniões, o staff do jogador fez uma nova oferta a Andrés Sanchez. O iG também apurou que o empresário Delcir Sonda está disposto a ajudar o Corinthians a pagar uma boa parte dos R$ 59,4 milhões para tirar o jogador da Vila Belmiro. O restante do valor dependerá dos investidores consultados pelo presidente do Corinthians, entre eles a Hypermarcas e o ex-atacante e parceiro do clube Ronaldo.

Apesar dos interesses de ambos os lados, o valor total da multa rescisória não foi arrecadado. Porém, os valores do salário do atleta já foram conversados. Ganso receberia no Corinthians um salário de aproximadamente R$ 500 mil, quase quatro vezes mais do que recebe no Santos, já que o ordenado do atleta na Vila Belmiro não chega a R$ 130 mil.

Um pedido do presidente da CBF, Ricardo Teixeira, a Andrés Sanchez, teria ajudado o Santos a manter o jogador na Vila. O dirigente alegou que a negociação afastaria de vez o Santos do grupo que rachou com o Clube dos 13. CBF e Andrés desmentem a informação, enquanto a DIS afirma que o único obstáculo para o negócio entre Ganso e Corinthians fechar é a arrecadação do valor da multa rescisória.

Ao descobrir a transação no mês passado, o presidente do Santos, Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro, lembrou que, além dos 45% dos direitos econômicos, o Santos também possui os direitos federativos do jogador. "O grupo investidor ofereceu os direitos econômicos que ele tem no passe do atleta. Partes desses direitos são indiscutíveis, eles adquiriram do próprio atleta, e na parte que é do Santos vamos discutir. Ele pode sair e vender a parte dele para quem ele quiser", explicou Luís Álvaro na ocasião.

Fonte: IG

Veja Mais:

  • Jogo do Corinthians contra o Grêmio será transmitido para 13 estados do Brasil

    TV Globo exibe Corinthians e Grêmio para 13 estados do Brasil; confira

    ver detalhes
  • Corinthians vem de boa vitória no Brasileirão

    Corinthians pode se isolar na liderança e aumentar distância do G6; veja a classificação

    ver detalhes
  • Corinthians entra em campo neste domingo contra o Grêmio

    Corinthians visita Grêmio neste domingo para se consolidar na briga pelo hepta do Brasileirão

    ver detalhes
  • Gramado da Arena Corinthians está mais suscetível a 'escorregões' por excesso de umidade

    Gramado da Arena Corinthians 'chegou no limite', diz presidente de empresa responsável

    ver detalhes

Ganso seria a solução pro meio campo do Corinthians?

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes