Com incômodo na coxa, Emerson é preservado de parte do treino tático

Com incômodo na coxa, Emerson é preservado de parte do treino tático

Por Meu Timão

O atacante Emerson, que não foi a campo nas duas últimas semanas por conta de desconforto no músculo adutor da coxa direita, disputou apenas a primeira metade do trabalho tático do Corinthians, nesta segunda-feira. Na segunda parte da atividade, ele foi sacado e conversou com o técnico Tite e o preparador físico Fábio Mahseredjian por alguns minutos antes de se dirigir à parte interna do CT Joaquim Grava.

Segundo o médico de plantão, Guilherme Runco, o jogador ainda sente dores no local e foi preservado já pensando no duelo de quarta-feira, contra o Botafogo, no Pacaembu. Assim, a princípio, ele deve treinar normalmente na terça-feira e pode ser relacionado para a partida, após ter cumprido suspensão em duas rodadas.

O também atacante Liedson segue em tratamento no joelho esquerdo. Na sexta-feira passada, o consultor médico do clube, Joaquim Grava, disse que ele era dúvida para esta quarta-feira e provavelmente voltaria a jogar no domingo, diante do Cruzeiro. Com dores recorrentes no local, em que passou por três cirurgias, o camisa 9 disputará menos jogos até o fim da temporada.

Outra dúvida na frente, mas para o banco de reservas, é Adriano. O centroavante fez sua estreia no domingo, ao jogar pouco mais de dez minutos na vitória sobre o Atlético-GO, mas ainda será avaliado para saber se pode ser novamente relacionado sem problemas pelo técnico Tite.

A partida contra o Botafogo está marcada para as 21h50 (de Brasília) desta quarta-feira, no Pacaembu. O Corinthians aparece no topo do Campeonato Brasileiro, com 51 pontos ganhos.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Mais:

  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fev/2015 e segue até fev/2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Timão

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes