Julio Cesar elege Figueirense e Palmeiras como os jogos mais difíceis até o fim

Julio Cesar elege Figueirense e Palmeiras como os jogos mais difíceis até o fim

Por Meu Timão

Julio Cesar faz projeções pelo título

Julio Cesar faz projeções pelo título

Foto: Edson Lopes Jr.

A seis rodadas do fim do Campeonato Brasileiro, Julio Cesar, goleiro do líder Corinthians, apontou quais são os adversários com que a equipe tem de ter uma atenção a mais para conseguir ser campeão.

- Nossos últimos seis jogos são difíceis, mas os mais complicados são o último, por ser um clássico (com o Palmeiras), e o Figueirense que está vindo numa batida muito forte - declarou  em entrevista ao Sportv, nesta segunda.

O duelo com os catarinenses (em Florianópolis), será na penúltima rodada, no dia 27 de novembro, e o Dérbi acontecerá no dia 4 de dezembro, no Pacaembu, com mando de jogo alvinegro.

No próximo domingo, o Timão vai a Uberlândia enfrentar o América-MG. Os outros compromissos são contra Atlético-PR (dia 13 de novembro, em casa), Ceará, dia 16 (fora) e Atlético-MG, dia 20, no Pacaembu.

Depois de vencer o Avaí (2 a 1), de virada, no último fim de semana, o Corinthians voltou ao topo da tabela. Com os mesmos 58 pontos do Vasco, que empatou com o São Paulo, o clube do Parque São Jorge leva vantagem no número de vitórias (17 a 16).

Fonte: Lancenet

Veja Mais:

  • Torcidas organizadas propõem pacto pela paz em São Paulo

    Torcidas organizadas propõem pacto pela paz em São Paulo

    ver detalhes
  • Camisa do Corinthians criada por torcedores em homenagem à Chape

    Corinthians bate o martelo sobre homenagens à Chapecoense

    ver detalhes
  • Ronaldinho chegou a estar na mira do Corinthians, revela agente

    Irmão de Ronaldinho Gaúcho revela 'plano de marketing' do Corinthians e provocação de Andrés

    ver detalhes
  • Brasileirão agora tem quatro vagas - não três - à fase de grupos da Libertadores

    Conmebol anuncia novidade, e Corinthians volta ao páreo por vaga direta na Libertadores

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes