Corinthians complica o Atlético-PR e polariza disputa com o Vasco

Corinthians complica o Atlético-PR e polariza disputa com o Vasco

Por Meu Timão

Com gols de Emerson e Paulinho, Corinthians alcançou a vitória que o manteve na liderança do Brasile

Com gols de Emerson e Paulinho, Corinthians alcançou a vitória que o manteve na liderança do Brasile

Foto: Fernando Dantas/Gazeta PressFernando Dantas/Gazeta PressArte GE.Net

Com um primeiro tempo impecável e um segundo instável, o Corinthians venceu o Atlético-PR por 2 a 1 na tarde deste domingo, no Pacaembu, e manteve-se na liderança do Campeonato Brasileiro. O volante Paulinho e o atacante Emerson marcaram os gols que deram tranquilidade à equipe dirigida por Tite antes de cinco minutos de jogo. O veterano Paulo Baier descontou para os visitantes.

O resultado deixou o Corinthians com 61 pontos ganhos. O concorrente Vasco alcançou o mesmo número ao ganhar o clássico com o Botafogo por 2 a 0, no Engenhão. Nesta rodada, os dois postulantes ao título nacional polarizaram a disputa graças às derrotas de Fluminense (56 pontos) e Flamengo (55). Na seguinte, quarta-feira, o líder visitará o Ceará no Estádio Presidente Vargas.

Já o Atlético-PR está em situação bastante delicada na tabela de classificação. Com 34 pontos, é o antepenúltimo colocado e ficou mais próximo da Série B do Campeonato Brasileiro de 2012. Na quarta-feira, enfrentará outro grande clube paulista: o São Paulo, na Arena da Baixada.

Logo aos dois minutos, Willian protagonizou bela jogada pela direita e levantou a torcida antes mesmo de passar a bola para Liedson. O centroavante fez o pivô e rolou para Paulinho, que chutou no contrapé do goleiro Renan Rocha para abrir a contagem. O Corinthians não diminuiu o ritmo. Aos quatro minutos, na ponta esquerda, Emerson recebeu de Danilo, carregou até o limite da grande área e bateu firme para estufar a rede outra vez.

Os dois gols em menos de cinco minutos deixaram o Atlético-PR completamente desnorteado. Com o pior desempenho do Campeonato Brasileiro como visitante, o time de Antônio Lopes ficou acuado, sofrendo com sucessivos erros de Heracles e de outros defensores. O veterano Paulo Baier e o meia Marcinho tentavam orientar seus companheiros com berros. Em vão. O goleiro Julio Cesar se tornou um observador passivo da partida.

No final da etapa inicial, contudo, Tite começou a se preocupar com o excesso de satisfação de seus atletas. O Atlético-PR estava irritado. Guerrón chegou a empurrar Leandro Castán na lateral do campo, para reiniciar o jogo rapidamente. Emerson, ao seu estilo, respondeu ao afastar de bicicleta uma bola da área do Corinthians. Em seguida, já no intervalo, o Sheik foi prudente e lembrou que ainda restavam pelo menos outros 45 minutos para sacramentar a vitória. 'Falta muito.'

Na tentativa de ter maior poderio ofensivo e justificar a cautela de Emerson, o Atlético-PR voltou para o segundo tempo com Nieto no lugar de Adaílton. Surtiu efeito. Em sua primeira participação no confronto, o atacante argentino ganhou jogada pela direita e cruzou rasteiro para Paulo Baier, que parou em ótima defesa de Julio Cesar no primeiro chute. No rebote, o veterano descontou para a sua equipe.

Se ficou acuado quando foi vazado no primeiro tempo, o Atlético-PR se soltou com o gol a seu favor. O time de Antônio Lopes se tornou perigoso sob a liderança de Nieto. Aos 12, o argentino arriscou um chute forte de longa distância. A bola acertou o travessão e tocou na linha do gol, sem entrar, para alívio dos torcedores corintianos. Foi o suficiente para começar a ecoar timidamente o coro por um astro, que estava na reserva: 'É Adriano! É Adriano! É Adriano!'.

O centroavante tentou ser participativo e pediu constantemente para receber a bola nos pouco mais de dez minutos em que jogou. Adriano não conseguiu marcar o seu primeiro gol como corintiano, porém comemorou mais uma vitória e a manutenção da liderança no Pacaembu.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Mais:

  • Alan Mineiro gostaria de permanecer no Corinthians, mas não está nos planos do clube

    Alan Mineiro deve ser vendido pelo Corinthians e disputar a Série B em 2017

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes
  • Diversos torcedores não conseguiram efetuar a troca de ingressos

    Com fila absurda e nova confusão, torcida do Corinthians esgota ingressos para final da LNF

    ver detalhes
  • Oswaldo negou que seus treinos sejam repetitivos

    Oswaldo volta a sinalizar escalação do Corinthians em coletivo e explica semana de treinos

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes