Metrô de São Paulo tem confusão de torcidas do Corinthians e Santos

Metrô de São Paulo tem confusão de torcidas do Corinthians e Santos

Dentro do campo deu Corinthians: 1 x 0 no Santos. Fora do estádio: confusão, vandalismo. Mais de 60 torcedores do Santos foram parar na delegacia na noite de quarta-feira (13). Eles invadiram uma estação do metrô, entraram sem pagar e bateram em um funcionário. Os torcedores também quebraram a janela de um vagão.
Para quem estava no metrô, foi um susto grande. A confusão começou na Zona Oeste e só terminou no Centro da cidade.
Os torcedores pularam as catracas sem pagar a passagem. Um funcionário tentou impedí-los, mas acabou agredido. Depois o grupo entrou em um vagão, quebrou um dos vidros e seguiu por mais cinco estações até ser detido na Sé, no Centro da cidade.
Todos foram escoltados até a Estação Barra Funda, na Zona Oeste. Agentes de segurança e PMs armados acompanharam os torcedores até a delegacia. Eles foram fichados e devem ser processados.
Os torcedores tinham comprado ingressos para assistir ao jogo e seguiam para a Vila Belmiro.
Mas, depois da confusão, na delegacia, não puderam ver a partida.
O grupo já foi liberado da delegacia. O funcionário do metrô agredido pelos torcedores teve ferimentos leves, foi atendido em um hospital e já recebeu alta.

Fonte: G1 Globo

Veja Mais:

  • Fábio Carille tem dez volantes no elenco. Definições nos próximos dias...

    Boas estreias nos EUA, ascensão da molecada... Carille terá de quebrar a cabeça com dez volantes

    ver detalhes
  • Roupeiro do Corinthians, Roberto Sousa publicou foto no Aeroporto de Orlando

    Alerta de tornado nos Estados Unidos adia retorno do Corinthians ao Brasil

    ver detalhes
  • Carlinhos marcou o seu décimo gol na competição

    Corinthians atropela Juventus na semifinal da Copinha e busca pelo décimo título

    ver detalhes
  • Filipe recebeu a maior nota da Fiel após partida contra o Juventus

    Disputa de craque da partida fica dividida entre goleiro e meia-atacante do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes