Roberto de Andrade rebate declarações de Orión

Roberto de Andrade rebate declarações de Orión

Roberto de Andrade está confiante no título do Corinthians

Roberto de Andrade está confiante no título do Corinthians

Roberto de Andrade, diretor de futebol do Corinthians, preferiu não polemizar sobre as declarações do goleiro do Boca Juniors Orión. O arqueiro disse nesta segunda-feira que os brasileiros tremem em finais contra argentinos. O dirigente afirmou que o clube será campeão na próxima quarta-feira, no Pacaembu, mas não deixou de cutucar o meia Riquelme.

“Essas coisas são bobagens, não vamos pegar essa pilha, vamos jogar e sermos campeões. Não vamos ficar dando ouvidos. Daqui a pouco, o Riquelme também vem falar alguma coisa”, comentou à Rádio Bandeirantes.

Sobre a ausência de Carlitos Tevez na Bombonera, na última quarta-feira. Andrade pregou respeito ao atacante e não acredita que a ausência ternha sido por “respeito” ao Corinthians. “Ele gosta do nosso clube, não sei se ele deixou de ir na Bombonera por causa do Corinthians. Deve ter tido outros compromissos”, disse.

Negociações

Nesta segunda-feira, o zagueiro Leandro Castán foi dado como o novo reforço da Roma-ITA. Roberto de Andrade desmentiu a negociação, mas confirma o interesse do clube italiano. “Existe um interesse deles no Castán, mas não tem nada fechado. Pedimos a eles que esperem as finais da Libertadores”, contou.

Fonte: Band

Veja Mais:

  • Serginho nunca escondeu desejo de atuar no Corinthians

    Corinthians confirma time de vôlei profissional com Serginho

    ver detalhes
  • Arena Corinthians pode ser palco de torneio de pré-temporada em 2018

    'Cansado' da Florida Cup, Corinthians cogita torneio de pré-temporada na Arena em 2018

    ver detalhes
  • Jô fez o gol do Corinthians contra o Vitória na Arena da Fonte Nova

    Vitória faz Corinthians subir para a quarta colocação do Campeonato Brasileiro

    ver detalhes
  • Clayson é o novo reforço do Timão

    Clayson aparece no BID e pode estrear pelo Corinthians contra o Atlético-GO

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes