Corinthians planeja ações no Japão durante Mundial

Corinthians planeja ações no Japão durante Mundial

1.8 mil visualizações 9 comentários Comunicar erro

O Sport Club Corinthians Paulista, recente campeão da Copa Santander Libertadores, já planeja por meio de seu departamento de Marketing algumas ações para a disputa do Mundial de Clubes, em dezembro, no Japão.

“Nós queremos aproveitar o grande número de brasileiros que vivem lá e, por consequência, os corintianos que há no Japão. É uma oportunidade que não podemos desperdiçar” afirma Alex Watanabe, auxiliar de marketing do Corinthians.

A diretoria do clube já programa para o próximo mês a visita de representantes do marketing e também da “Vai Corinthians”, agência de turismo que organiza a venda de pacotes de viagem para os torcedores, para planejar a logística da equipe e dos torcedores no país e as possíveis ações comerciais que serão realizadas.

O marketing do clube ainda não sabe se contará com a ajuda da fornecedora Nike ou de outros parceiros para os projetos no oriente. “Nós claramente estaremos comercializando os produtos da Nike, mas ainda não falamos com eles”, disse Watanabe.

O Corinthians estreia na competição no dia 12 de dezembro, em Toyota, ainda sem adversário definido.

Fonte: Maquina do Esporte

Veja Mais:

  • Corinthians voltou a enfrentar o São José no Parque São Jorge, nesta segunda-feira

    Corinthians vira no último quarto, vence São José por um ponto e empata série final da Liga Ouro

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians terá ingressos mais baratos para assistir aos jogos na Arena

    Corinthians anuncia diminuição de preços dos ingressos da Arena; veja os novos valores

    ver detalhes
  • Léo Príncipe será emprestado ao Vitória de Setubal até julho de 2019

    Corinthians define operação de empréstimo de Léo Príncipe a clube português

    ver detalhes
  • Balbuena vem sendo especulado em diversos clubes europeus

    Corinthiano Balbuena entra na mira do Fenerbahce, aponta imprensa europeia

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes