Edu Gaspar: "Acompanhamos Chelsea e Monterrey semanalmente"

Edu Gaspar: "Acompanhamos Chelsea e Monterrey semanalmente"

O Corinthians disputará o Mundial de Clubes em dezembro, e já observa com atenção os possíveis adversários para o torneio. De acordo com o gerente de futebol, Edu Gaspar, uma equipe de cinco pessoas assiste semanalmente aos jogos do Monterrey e do Chelsea, atual campeão da Liga dos Campeões.
Edu conhece bem o time inglês. Como jogador, enfrentou os Blues várias vezes pelo Arsenal e vivenciou o início da Era Abramovich em 2003, quando o russo passou a investir pesado no futebol do Chelsea. Em entrevista realizada no lançamento da Copa do Brasil Sub-20, nesta quarta-feira, ele falou sobre as perspectivas para o confronto adiantou algumas informações. Confira:
Você está há pouco tempo atuando como gerente de futebol do Corinthians. Existe algum executivo que você teve como referência no início?
Não, porque foi tudo muito rápido. Me aposentei como jogador em 2011, e logo depois surgiu o convite para assumir como gerente de futebol. Pedi um tempo ao Andrés Sánchez para conhecer bem o elenco, o mercado e entender o que era necessário para a função. Além da prática diária, vou também uma vez por ano à Inglaterra, onde participo de um congresso entre executivos. É uma experiência que ajuda muito. E ainda aproveito para visitar alguns amigos dos tempos de Arsenal.

Como o Wenger?

Sim, nos encontramos até hoje. Quando vou a Londres, sempre almoçamos juntos e conversamos sobre várias coisas. O Wenger é um cara sensacional.

Já conversaram sobre o Chelsea?

(Risos) Não, não. A gente dificilmente fala sobre futebol, e quando fala, é sobre um atleta ou outro. Uma vez, eu fiquei perguntando para ele o motivo dele jogar sempre no 4-4-2, nunca mudar, e ele explicou, dividindo o campo e descrevendo as ocupações de espaço. Foi muito interessante.

O Arsenal tem tido problemas com os últimos jovens sul-americanos que atuaram no clube. Wellington Silva, Damián Martínez e Pedro Botelho acabaram não tendo tantas chances quanto seus antecessores. Na sua opinião, houve algum erro de avaliação ou foi algo mais pontual?

Foi algo mais pontual. O Arsenal tem um excelente trabalho de observação na América do Sul e é uma das equipes que mais acerta em contratações de jovens no mundo. Creio que outros jogadores que forem contratados no futuro possam ter oportunidades.

Sobre o Chelsea, você estava no Arsenal no começo da Era Abramovich. Quais as diferenças daquele momento para agora?

Quando o Abramovich chegou, fez várias contratações de peso, mas o time precisava de tempo para se formar. Era uma equipe forte, mas estávamos no melhor momento da história do Arsenal e fomos campeões invictos da Premier League. Hoje, vejo que o trabalho tá consolidado e é um time que já se firmou entre os mais fortes da Inglaterra.

Há algum trabalho de observação do Chelsea visando a disputa do Mundial de Clubes?

Não só do Chelsea, como também do Monterrey. Temos uma equipe de cinco pessoas que se reveza vendo os jogos e traz relatórios para mim, às vezes até com opiniões bem diferentes. Isso é bom, pois faz com que a gente discuta sobre as equipes e tenha um panorama mais completo.
O Corinthians ainda pensa em contratar algum jogador para o Mundial?
Não descartamos, mas o mercado está fechado e existem poucas oportunidades. Acho pouco provável a chegada de reforços.

Fonte: trivela uol

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes