Kieza acredita em jogo difícil contra o Corinthians

Kieza acredita em jogo difícil contra o Corinthians

694 visualizações 3 comentários Comunicar erro

O atacante goleador Kieza será uma das principais armas do Náutico para encarar o Corinthians e marcar gols neste final de semana para o Timbu. O jogador sabe da qualidade do elenco do time pernambucano e confia numa vitória nos Aflitos, porém, acredita numa partida muito difícil diante dos atuais campeões brasileiros.
"O Corinthians é Corinthians . Independente de quem vier, trata-se de uma grande equipe, com jogadores qualificados que vão buscar a vitória a todo custo. Precisamos estar ligados o tempo todo. Temos que aproveitar as poucas oportunidades lá na frente e procurar converte-las em gols", declarou o atacante.

Kieza acredita na força dos companheiros para bater o Timão. "Nosso time mantém o mesmo nível técnico independente de quem entre. Com a presença do Alemão a gente ganha um pouco mais de força no sistema defensivo e estamos torcendo para que o Eli também tenha condições, porque é um jogador importante para nós. vamos enfrentar uma equipe qualificada como a do Corinthians e precisamos estar forte para enfrentá-los", completou.

As equipes vão se enfrentar na tarde deste sábado, às 16h00, nos Aflitos, em Recife.

Fonte: Esporte Brasil

Veja Mais:

  • Carille, alvo de interesse de Al-Hilal, afirmou que a imprensa 'mente demais'

    Associação de jornalistas de São Paulo emite nota de repúdio por declarações de Carille

    ver detalhes
  • Corinthians de Maycon, Júnior DUtra & cia. está na terceira posição no Brasileirão

    Sexta rodada acaba, e Corinthians segue 'nas cabeças' do Brasileirão; veja classificação

    ver detalhes
  • Sheik deve renovar até o final da temporada

    Diretoria liga alerta para cinco atletas com contratos no fim; Sheik acerta acordo por renovação

    ver detalhes
  • Ralf trabalhou ao lado de auxiliar da preparação física do Corinthians

    Ralf vai a campo pela primeira vez após cirurgia

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes