Arrasador, Anderson Silva do Corinthians nocauteia Stephan Bonnar no UFC Rio III

Arrasador, Anderson Silva do Corinthians nocauteia Stephan Bonnar no UFC Rio III

Já dizia uma famosa propaganda de sutiãs que "o primeiro a gente nunca esquece", No caso de Bonnar, a estreia foi bem menos romântica que a sugestão do comercial brasileiro. Após 14 lutas no UFC sem saber o que era ser nocauteado ou finalizado, Stephan Bonnar finalmente foi "apresentado" por Anderson Silva a uma derrota sem ser por pontos.

O maior lutador de MMA do mundo teve novamente uma atuação impecável e brindou o público que lotou a Arena da Barra com um show, que culminou com mais uma vitória - a 17ª seguida, sendo 16 pelo UFC, e a 33ª da carreira - contra um rival que é conhecido como "Psicopata Americano", pela forma aguerrida com que sempre enfrentou seus adversários.

Com uma linda joelhada, seguida de alguns socos, aos 4m40s do primeiro round, o Spider obrigou o árbitro a encerrar o combate, decretando o fim da luta, para delírio dos fãs, que gritavam o seu nome e festejavam mais uma vitória do fenômeno brasiileiro, desta vez pela categoria meio-pesado, uma acima da dos médios, na qual Anderson reina absoluto desde 2006, com dez defesas de cinturão - recorde do UFC.

- Eu não sou o melhor não, mas sou o capaz de fazer o que muitas pessoas não acreditam. Team Nogueira! Lutei nessa categoria só hoje para salvar o evento. Minha categoria é 84 (kg) e é nela que vou me manter - disse o Spider após a luta.

A luta

No primeiro round, Bonnar seguiu a linha de Chael Sonnen dentro do octógono, pressionando Anderson contra a grade e tentando a queda, mas sem ter sucesso. O americano soltava golpes, mas se desgastava, e o Spider quase surpreendeu derrubando seu oponente.

O brasileiro se livrou da pressão do Psicopata Americano, mas voltou e encostou na grade como forma de provocar. Parecia que o Spider não queria lutar, só se esquivando. Mas a genialidade apareceu quando ele quis. Uma joelhada devastadora em Bonnar, que caiu. Mais alguns socos e fim de luta. Mais uma vitória para a conta.

Fonte: Sportv

Veja Mais:

  • Carille definiu os jogadores que iniciam o duelo contra a Chapecoense

    Carille saca Clayson, mantém Jadson fora e escala Corinthians para enfrentar Chapecoense

    ver detalhes
  • Danilo volta a ser opção para Carille

    Sem Jadson e com Danilo, Corinthians relaciona 22 jogadores para viagem a Chapecó

    ver detalhes
  • Fiel promete apoio em volta do Corinthians à Arena

    Corinthians divulga nova parcial para jogo contra o Atlético-GO; venda aberta para não-sócios

    ver detalhes
  • Corinthians não deu prazo para retornos de Balbuena e Arana

    Corinthians perde Balbuena e Guilherme Arana por lesões musculares

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes