Antes caseiro, Corinthians esquece Nacional e vive semana da ascensão

Antes caseiro, Corinthians esquece Nacional e vive semana da ascensão

A maior prova de que o Corinthians está se tornando um time internacional está na língua. No centro de treinamento Joaquim Grava se falou em vários idiomas nos últimos dias. Na quinta-feira, Chen Zizao arriscou uma entrevista em uma mistura de inglês e português com sotaque chinês.

Na sexta, os atacantes Guerrero e Martinez, conversaram com os jornalistas em um portunhol arrastado. Dois dias antes, o gerente de futebol Edu Gaspar explicava os detalhes de sua recente viagem ao Japão e dava palpites sobre o futebol inglês, pelo qual passou no ápice da carreira.

O Brasileirão que é bom virou assunto secundário. O time enfrenta neste sábado o Bahia , às 18h30, no Pacaembu, partida para a qual foram relacionados nada menos do que quatro estrangeiros (apenas três podem entrar em campo).

Além dos já citados, o meia peruano ‘Cachito’ Ramirez, o menos badalado dos três, pode ser opção para o banco.

O também peruano Guerrero e o argentino Martinez devem ser os titulares no ataque ao lado de Romarinho. Após ter tido um filho fruto de um relacionamento com uma brasileira, Guerrero parece ser o mais habituado ao país. Pelo menos, ele é o gringo que fala português com menos sotaque.

Fonte: Esporte Brasil

Veja Mais:

  • Corinthians volta a brincar sobre confusão do Dérbi e promete novidade no uniforme

    Corinthians volta a brincar sobre confusão do Dérbi e promete novidade no uniforme

    ver detalhes
  • Furlan apita sexta partida do Corinthians na carreira

    Após polêmica no Dérbi, FPF define trio de arbitragem para próximo jogo do Corinthians

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade assegurou que o espaço (acima do número) está livre para ser negociado

    Patrocinador não cumpre acordo e Corinthians já negocia espaço do uniforme

    ver detalhes
  • Jadson deve reestrear pelo Corinthians apenas na próxima quarta-feira

    Corinthians divulga lista de relacionados para pegar Mirassol sem nenhum meia

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes