Mundial: "Criado" no Japão", Emerson exalta identificação com país

Mundial: "Criado" no Japão", Emerson exalta identificação com país

Mundial: "Criado" no Japão", Emerson exalta identificação com país

Mundial: "Criado" no Japão", Emerson exalta identificação com país

Emerson (foto) reclama do frio, da viagem cansativa, mas na verdade ama o Japão, onde o Corinthians lutará para conquistar o Mundial de Clubes da Fifa a partir da próxima quarta-feira, quando fará a sua estreia nesta edição da competição.


'Eu morei seis anos aqui, tenho um carinho imenso por esse povo maravilhoso, que me acolheu tão bem', disse o atacante, nesta sexta-feira, em sua primeira entrevista desde a chegada ao país.

Principal esperança de gols dos corintianos para o Mundial, Emerson é também o jogador que tem o maior apelo entre os japoneses. Fruto dos seis anos que passou no Japão, onde defendeu Consadole Sapporo, Kawasaki Frontale e Urawa Red Diamonds e conquistou três títulos entre 2000 e 2005.

Mas o caso de amor de Emerson com o Japão vai muito além das quatro linhas. Segundo o atacante, ele foi 'criado' no país. Isso já com 22 anos de idade.

'Eu saí de uma favela do Rio, fiquei pouco tempo em São Paulo e vim jogar aqui. Como minha mãe trabalhava fora e eu e meus dois irmãos ficávamos em casa o dia inteiro sozinhos, toda a minha educação eu tive aqui com o povo japonês. Respeito, eu aprendi a ter aqui', revelou.

Emerson vai mais longe e diz que sua gratidão aos japoneses será para sempre.

'Eles me ensinaram muito mais do que eu imaginava. Minha gratidão pelas pessoas deste país é eterna. Tenho muito orgulho de ter morado aqui', afirmou.

Com a tranquilidade de quem se sente em casa no Japão, o atacante evitou falar dos adversários, mas vê o Corinthians com grandes chances de voltar para o Brasil com o título mundial.

'O Corinthians chega forte por toda a preparação que foi feita. Eu acredito, sou otimista para tudo o que faço. O Corinthians vem forte para disputar o título', disse.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Gaviões da Fiel foi a primeira das torcidas a chegar no Pacaembu neste domingo

    Organizadas chegam ao Pacaembu para ato em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes