Aos 37 anos, Anderson Silva cobra contrato de 10 lutas e vislumbra mais cinco anos de UFC

Aos 37 anos, Anderson Silva cobra contrato de 10 lutas e vislumbra mais cinco anos de UFC

Depois de alguns arranca-rabos no passado, Anderson Silva e Dana White estão em lua de mel, principalmente depois de ele ter “vendido” tão bem sua luta contra Chael Sonnen e ter salvo o UFC Rio 3 ao aceitar enfrentar Stephan Bonnar em cima da hora. Além de dar um carrão para o brasileiro, o presidente já negocia um novo contrato.

Após o UFC on Fox 5 no último sábado, Dana falou para a Fuel TV que conversou com o campeão dos médios sobre assinar um novo compromisso com o evento. O presidente ofereceu para ele um enorme contrato de mais oito lutas. Para a surpresa do chefão, Anderson não ficou satisfeito com o que foi oferecido.

“Para com isso, eu quero um contrato de mais dez lutas”, disse o Spider para Dana White, segundo o próprio. Pode soar exagerado esse número de lutas, mas ele combina certinho com o que o brasileiro tem dito que quer fazer no restante de sua carreira.

Depois de sua luta contra Stephan Bonnar em outubro, Anderson – atualmente com 37 anos e completando 38 em abril – disse que pretendia luta mais cinco anos, ou seja, quer estar no octógono até os 43. Pouca gente fala que Anderson é um dos mais experientes em atividade, pois ele não aparenta. Ele luta como um menino, não parece que cansa em seus combates. Se mantiver esse ritmo, pode chegar sem problema aos 43 anos lutando.

A grande questão são quais as lutas que ele pretende fazer. Anderson não esconde sua predileção por supercombates, como contra Georges St-Pierre. Além disso, ele está sem muitas perspectivas dentro dos médios, já que limpou a categoria e não tem mais rivais a sua altura. Sua melhor projeção é começar a flutuar entre diversos pesos.

Fonte: Uol

Veja Mais:

  • Auricchio (à dir.) passou a integrar diretoria da base do Corinthians

    Corinthians nomeia ex-diretor de futebol para cargo na base

    ver detalhes
  • Após 1 a 1 na Arena, Timão volta a campo contra São Paulo na tarde deste domingo

    Rival tropeça, e Corinthians pode diminuir distância para primeira colocação geral

    ver detalhes
  • Carille não confirmou a equipe titular que enfrenta o São Paulo

    Rodriguinho não treina e Balbuena volta: veja provável escalação do Corinthians para o Majestoso

    ver detalhes
  • Em rede social, Kazim responde Gabriel: 'Pra cima dos bambis'

    Em rede social, Kazim provoca São Paulo antes de clássico: 'Pra cima dos bambis'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes