Corinthians é superado no Barradão e se despede do Brasileiro Sub-20

Corinthians Corinthians 1 x 2 Vitória Vitória

Brasileiro Sub-20 2018

Corinthians é superado no Barradão e se despede do Brasileiro Sub-20

30 mil visualizações 237 comentários Comunicar erro

Sob comando de Barroca, Timão perde a primeira e dá adeus ao Brasileiro Sub-20 na segunda fase

Sob comando de Barroca, Timão perde a primeira e dá adeus ao Brasileiro Sub-20 na segunda fase

Foto: Marco Galvão/Ag. Corinthians

O Corinthians não disputará a semifinal do Campeonato Brasileiro Sub-20. Na noite desta quarta-feira, em confronto disputado no Barradão, em Salvador (BA), o Timãozinho foi derrotado pelo Vitória por 2 a 1, resultado insuficiente para os alvinegros avançarem de fase.

O único gol corinthiano foi marcado por Rafael Bilu. Ao fim do primeiro tempo, o atacante recebeu passe de Oya em jogada ensaiada, driblou o marcador e bateu de bico. Edson e Rafael marcaram a favor dos mandantes.

A equipe de Eduardo Barroca necessitava de uma vitória em Salvador para então terminar a segunda fase da competição nacional entre os dois melhores colocados do Grupo E. Contudo, Palmeiras e Vitória se classificaram à semi. Flamengo e Fluminense já haviam garantido suas vagas mais cedo.

“A gente sabia que seria difícil. A gente jogava pelo empate e pela vitória. Quando tomou o segundo gol, acho que desesperou um pouquinho. Foi nossa primeira derrota no campeonato. É cabeça erguida, não fizemos um mau jogo também, não”, analisou Fabricio Oya em declaração à ESPN Brasil.

Os times

Dois atletas do elenco profissional foram titulares pelo Sub-20 nesta quarta: o goleiro Filipe e o centroavante Matheus Matias. Assim, o Corinthians foi a campo com Filipe; Samuel (capitão), João, Ronald e Caetano; Roni; Rafael Bilu, Fabricio Oya, Matheus Matias e Fessin; Nathan.

Escalação Corinthians Sub-20 x Vitória

Meu Timão

O Vitória, sob o comando de Laelson César, era formado por Lucas; Wellison, Matheus Souza, Carlos e Elivelton; Marco e Junior; Paulo Vitor, Rafael e Caique; Edson.

O jogo

Foi um primeiro tempo rigorosamente equilibrado no Barradão. Dono da casa, o Vitória chegou a acertar o travessão do goleiro Filipe antes mesmo de abrir o placar. O Corinthians de Barroca, enquanto isso, tentava ajustar seu posicionamento, já que tinha em campo dois centroavantes (Matheus Matias e Nathan). Debaixo do esquema 4-1-4-1, o primeiro atuava ao lado de Oya na armação, enquanto o segundo, enfiado, como camisa 9.

A formação ofensiva, é bem verdade, deixou o Timão um pouco mais lento que o costume. Aberto pela direita, Rafael Bilu tinha a missão de acompanhar as descidas do lateral-esquerdo e atacar em velocidade, assim como Fessin na esquerda. Já Matias, centroavante de ofício, vinha buscar a bola no meio-campo, embora não tivesse agilidade necessária para puxar contra-ataques. Nathan dava o primeiro combate e era o homem-gol do time.

Aos 36 minutos, Bilu desperdiçou grande chance. Nathan disparou pelo meio e encontrou o camisa 11 livre de marcação no corredor direito. No entanto, finalizou rasteiro, à direita do gol baiano.

O gol perdido por Bilu praticamente precedeu o primeiro da noite, marcado pelo Vitória. Após bate-rebate dentro da pequena área, Edson aproveitou a sobra e só empurrou para o fundo das redes.

A instantes do fim, para a alegria da Fiel presente no Barradão, o Timãozinho empatou. Em cobrança de falta ensaiada, Fessin rolou para Oya, que encontrou Bilu dentro da área. O atacante dominou com categoria, fintou o defensor e bateu de bico, deixando tudo igual em Salvador.

Eduardo Barroca promoveu sua primeira substituição já no intervalo. Sacou Matias, dono de atuação discreta na etapa inicial, para a entrada de Rael. Também modificou a forma de o Timão jogar, abrindo mão do 4-1-4-1 pelo usual 4-2-3-1.

Com um atacante a menos e um volante a mais, o Corinthians naturalmente chamou o Vitória para seu campo. Melhor para a equipe da casa, que soube ser eficaz e, em um dos poucos avanços, voltou a se colocar à frente do marcador: Wellison levantou na área, o camisa 10 Rafael completou de chapa e não deu chances a Filipe.

O segundo gol baiano surgiu em falha individual de Samuel, que deixou Rafael livre de marcação. Para piorar, o lateral-direito corinthiano perderia também gol cara a cara com o goleiro Lucas, jogando para fora as chances de classificação do Timão.

Confira os próximos jogos do Corinthians Sub-20

23 Set, Dom, 15h00 - Novorizontino x Corinthians - Paulista Sub-20
29 Set, Sáb, 15h00 - Corinthians x Novorizontino - Paulista Sub-20
06 Out, Sáb, 15h00 - Portuguesa x Corinthians - Paulista Sub-20
13 Out, Sáb, 15h00 - Corinthians x XV de Piracicaba - Paulista Sub-20

Ficha técnica de Vitória 2 x 1 Corinthians

Competição: Campeonato Brasileiro Sub-20
Local: Manoel Barradas, Salvador, BA
Data: 19 de Setembro de 2018 (quarta-feira)
Horário: 21h00 (de Brasília)
Árbitro: Joedson de Jesus Oliveira
Assistentes: Daniella Coutinho Pinto e Juliana Amaral Conceição dos Reis
Gols: Rafael e Edson (Vitória); Rafael Bilu (Corinthians)
Cartões amarelos: Lucas, Paulo Vitor e Rafael (Vitória); Filipe, Samuel e Ronald (Corinthians)
Público: 615 pagantes (público total: 642)
Renda: R$ 615,00

VITÓRIA: Lucas; Wellison (Edi Carlos), Matheus Souza, Carlos, Elivelton, Marco, Junior (Luan), Paulo Vitor (Otávio Jorge), Rafael (David da Hora), Caique e Edson.
Técnico: Laelson César

CORINTHIANS: Filipe; Samuel, João Victor, Ronald e Caetano; Roni (Rafinha); Rafael Bilu (Janderson), Fabricio Oya, Matheus Matias (Rael) e Fessin (Welliton); Nathan Palafoz.
Técnico: Eduardo Barroca

Veja mais em: Matheus Matias, Filipe, Corinthians Sub-20, Base do Corinthians e Fabricio Oya.

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes