Gol 'quadruplamente' impedido repercute no vestiário e até em campo entre corinthianos

4.9 mil visualizações 36 comentários

Jadson falou coma imprensa na saída da Arena Corinthians

Jadson falou coma imprensa na saída da Arena Corinthians

Lucas Faraldo / Meu Timão

O gol irregular do Internacional sobre o Corinthians no qual quatro jogadores estavam impedidos repercutiu entre os jogadores alvinegros no fim de tarde deste domingo, na Arena, em Itaquera. O meia Jadson, um dos melhores em campo, foi quem falou sobre o tema na saída do estádio, na zona mista em conversa com os jornalistas.

Leia também:
Henrique elogia atuação do Corinthians e lamenta influência da arbitragem em empate na Arena
Corinthians sofre gol impedido, reage no segundo tempo e fica no empate com o Internacional

Jadson admitiu que o erro do bandeira Leone Carvalho Rocha, aos 44 minutos do primeiro tempo, validando o gol de Leandro Damião, foi assunto já mesmo no vestiário da Arena, durante o intervalo da partida. "O pessoal no vestiário acompanha e acaba comentando no vestiário se foi impedido ou como foi o lance. A comissão também acaba revendo os lances, e eles comentaram. A gente fica chateado pois poderia sair com a vitória se não fosse o erro do bandeirinha", discorreu o camisa 10 sobre o deslize da arbitragem.

Devidamente informados sobre o erro da equipe de arbitragem, os jogadores do Corinthians, chateados com o prejuízo (até então derrota parcial), cobraram o árbitro Eduardo Tomaz de Aquino Valadão e seus auxiliares no retorno dos times ao gramado para o segundo tempo.

"Comentaram que tinha sido impedido o gol. A gente fica um pouco chateado, treinamos essas bolas paradas, a linha defensiva, às vezes por causa do bandeirinha acaba tomando um gol aos 45 do primeiro tempo. A equipe estava jogando melhor. A gente fica um pouco chateado e ali na volta fomos conversar com ele, falar que o bandeirinha tinha errado, para não acontecer isso, porque acaba comprometendo o nosso trabalho", contou Jadson.

Erro de arbitragem à parte, Corinthians e Internacional fizeram um jogo parelho e sem muitas chances de gol para nenhum das duas equipes. O experiente meia alvinegro, contudo, saiu em defesa da postura adotada pelos comandados de Jair Ventura.

"A equipe do Internacional é muito qualificada, sabíamos que seria difícil. Dentro de casa estávamos precisando da vitória. A equipe foi para cima, brigou, claro que a gente queria sair com a vitória, mas o empate, pela forma que foi, até foi vantajoso para nós", declarou.

Veja mais em: Jadson, Erros de arbitragem, Arbitragem e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Léo Natel jogou emprestado no futebol do Chipre

    Léo Natel inicia bateria de exames e já tem data limite para ser anunciado pelo Corinthians

    ver detalhes
  • Situação de Cantillo não preocupa o Corinthians

    Presidente do Corinthians garante pagamento no prazo e afasta chances de saída de Cantillo

    ver detalhes
  • Neto conversou com a reportagem do Meu Timão nesta segunda-feira

    Ao Meu Timão, Neto indica ponto positivo na gestão de Andrés e valoriza homenagens do Corinthians

    ver detalhes
  • O Corinthians é o time do povo, mas exatamente de que povo?

    [Mayara Munhoz] O Corinthians é o time do povo, mas exatamente de que povo?

    ver detalhes
  • Tiago Nunes e sua comissão técnica podem levar os atletas novamente à Arena Corinthians para treinamentos

    Comissão técnica do Corinthians prepara ações para minimizar estádios sem presença de público

    ver detalhes
  • Banco BMG deve mudar as cores de seu logo no novo uniforme do Corinthians

    Patrocinador desafia torcida do Corinthians e condiciona logotipo preto e branco a novas contas

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: