Corinthians vai se reunir com fisioterapeuta e médico que bateram boca em treino

Corinthians vai se reunir com fisioterapeuta e médico que bateram boca em treino

Por Vinícius Souza e Marco Bello

70 mil visualizações 218 comentários Comunicar erro

Caio Mello (à esq.) e Ivan Grava (dir.) durante treino do Timão no CT

Caio Mello (à esq.) e Ivan Grava (dir.) durante treino do Timão no CT

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A diretoria do Corinthians tomará providências com relação à discussão acalorada que marcou o treinamento da equipe realizado na tarde desta terça-feira, véspera da final da Copa do Brasil. Segundo apurou o Meu Timão, o fisioterapeuta Caio Mello e o médico Ivan Grava terão uma reunião com a alta cúpula do clube passado o confronto com o Cruzeiro, marcado para as 21h45 desta quarta.

O Corinthians ainda não decidiu ser irá punir algum dos profissionais pelo acalorado bate-boca, que teve como ponto de partida a preservação do zagueiro Léo Santos – entenda mais abaixo. A agremiação também entende que quaisquer providências devem ser tomadas apenas após a finalíssima nacional.

A discussão entre os especialistas dos departamentos médico e de fisiologia do Corinthians começou após o aquecimento. Léo Santos, considerado titular mas que havia se queixado de dores na coxa esquerda no compromisso do fim de semana, treinava normalmente quando foi orientado por Grava a não participar do trabalho de bola parada.

O zagueiro, de apenas 19 anos de idade, concordou em se preservar para o jogo e caminhou até a área destinada à comissão técnica. Caio Mello, por sua vez, que estava à beira do campo, se aproximou de Ivan e do jogador para entender o porquê da decisão, pois, segundo o fisioterapeuta, não havia qualquer problema em Léo integrar o restante do treino.

Mello passou a gesticular de maneira ríspida, inclusive colocando o rosto em frente ao de Ivan. A fim de não estender o entrevero, o médico tirou o braço do colega de clube do caminho e se dirigiu ao túnel que dá acesso aos vestiários. Ainda de acordo com pessoas ligadas à diretoria e ouvidas pela reportagem, Grava não errou ao poupar o zagueiro da parte final do trabalho.

Nome comum nas convocações de Tite, Caio Mello chegou ao Corinthians por indicação de Ronaldo Fenômeno, que pendurou as chuteiras no início de 2011. Já Ivan é filho do Joaquim Grava, consultor médico do Timão e doutor que dá nome ao CT alvinegro. Os profissionais convivem por lá diariamente.

Veja o vídeo gravado pela Gazeta Esportiva

Veja mais em: Arena Corinthians, Treino do Corinthians e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Timão de Nathan tenta eliminar Vasco e chegar à decisão da Copa São Paulo; missão é dura

    Corinthians e Vasco decidem vaga na final da Copa São Paulo; saiba tudo

    ver detalhes
  • Mauro Boselli foi apresentado à Fiel no intervalo do jogo entre Corinthians e São Caetano

    Boselli telefonou para Carille antes de assinar com Corinthians: 'O que você espera de mim?'

    ver detalhes
  • BMG já injetou R$ 30 milhões no Timão; banco também possui ligação com Atlético-MG

    Corinthians e BMG podem costurar acordo por Luan, indica Carille

    ver detalhes
  • Carille foi convidado desta segunda-feira do programa Bem, Amigos!

    Carille detalha conselho de Ronaldo Fenômeno para voltar a treinar o Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes