Ofensivas com três zagueiras? Capitã do Corinthians repercute estratégia e projeta finalíssima

1.2 mil visualizações 17 comentários

Por Meu Timão

Gabi Zanotti foi uma das principais jogadoras na ida das finais do Brasileiro Feminino

Gabi Zanotti foi uma das principais jogadoras na ida das finais do Brasileiro Feminino

Bruno Teixeira/Divulgação/Corinthians

Nem parecia que as meninas do Corinthians enfrentavam o Rio Preto fora de casa. E olha que nem estamos falando especificamente sobre o placar de 1 a 0 favorável ao Timão no jogo de ida das finais do Campeonato Brasileiro Feminino, na tarde deste sábado. A própria estratégia adotada pela mulherada alvinegra já chamou atenção por si só: escaladas com três zagueiras num esquema 3-4-3, elas tiveram postura ofensiva do início ao fim da partida.

Ao término do jogo, ainda na saída do campo do estádio Anísio Haddad, em São José do Rio Preto, a capitã corinthiana Gabi Zannoti, em conversa com a CBF TV, repercutiu a estratégia escolhida pelo técnico Arthur Elias e treinada ao longo dos últimos dias. Cabe destacar, contudo, que o treinador estava suspenso por ter sido expulso nas semifinais. Assim, quem esteve à frente da equipe no duelo deste sábado foi o auxiliar Rodrigo Iglesias.

"Foi a estratégia que tentamos para essa partida. Sabemos da força do Rio Preto aqui na casa delas. O gramado dificulta um pouco nossa característica de jogo, que gosta, prende um pouco a bola. Se molhasse um pouco o gramado melhoria o futebol até para o público, fica mais bonito, veloz", comentou, dando ainda uma "cornetada" no campo adversário.

Defensivamente, o Corinthians apostava numa linha de cinco jogadoras, composta pelas zagueiras Érika, Mimi e Pardal e as laterais Katiuscia e Yasmin. Essas duas últimas, porém, atuaram majoritariamente como alas avançadas no meio de campo, haja vista que a postura ofensiva do Timão pouco deu espaço para o São José atacar.

Consequência disso foi a imponente vitória fora de casa. Ainda assim, a filosofia que persiste é a de "pés no chão", mesmo a equipe precisando de apenas um empate na Fazendinha sexta-feira que vem para conquistar o inédito título do Campeonato Brasileiro da categoria.

"Não diria uma vantagem, é um pequeno passo. Temos mais 90 minutos ainda, pés no chão, respeitamos muito a equipe do Rio Preto, que vem sempre conquistando títulos. É um pequeno passo, eu diria", definiu Zanotti.

Veja mais em: Corinthians feminino e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Lucas Piton gera enorme expectativa mesmo estando na reserva de Carlos

    Jornal espanhol coloca lateral do Corinthians na lista de maiores promessas do Brasil

    ver detalhes
  • Éderson, que marcou três gols nos últimos quatro jogos, tem vínculo com o Corinthians até 31 de janeiro de 2025; contrato mais longo do clube

    Éderson tem o vínculo mais longo entre os 85 jogadores sob contrato com o Corinthians

    ver detalhes
  • Victor Cantillo e Everaldo treinam com bola no CT Joaquim Grava

    Cantillo treina com bola, e Corinthians inicia preparação para final do Paulista; veja provável time

    ver detalhes
  • Treta Corinthians x Palmeiras nas finais | A escalação de Tiago Nunes pra decisão do Paulista #RMT5

    VÍDEO: Treta Corinthians x Palmeiras nas finais | A escalação de Tiago Nunes pra decisão do Paulista #RMT5

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez confirmou que o Corinthians fará testes na quinta-feira

    Corinthians vai testar elenco após jogo de ida da final do Paulistão; Andrés e FPF confirmam

    ver detalhes
  • Raphael Claus será o responsável pelo apito no Dérbi desta quarta-feira

    Raphael Claus apita primeiro jogo da final do Campeonato Paulista entre Corinthians e Palmeiras

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: