Corinthians luta contra reviravolta jamais vista no Brasil e raríssima no futebol mundial

Corinthians luta contra reviravolta jamais vista no Brasil e raríssima no futebol mundial

71 mil visualizações 188 comentários Comunicar erro

Corinthians foi da água ao vinho: campeão em 2017 e candidato ao rebaixamento em 2018

Corinthians foi da água ao vinho: campeão em 2017 e candidato ao rebaixamento em 2018

Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Passado o sonho de título na Copa do Brasil e diante de uma irrisória probabilidade de se classificar à Libertadores de 2019, o Corinthians agora luta contra o rebaixamento. Mais do que isso: atual campeão, o Timão tenta evitar o que seria vexame inédito na história do Brasileirão.

Jamais um clube que tenha erguido o principal troféu nacional em solo brasileiro foi rebaixado à Série B no ano seguinte. Passadas 30 rodadas da atual edição do Brasileirão, os matemáticos apontam 11,6% de chances de queda de divisão para o Corinthians.

O próprio Corinthians, cabe lembrar, viveu situação semelhante no Campeonato Brasileiro de 2000. Naquela ocasião, na chamada Copa João Havelange, o Timão, então bicampeão de 1998 e 1999, terminaria em penúltimo lugar (24º num total de 25 participantes) e só não seria rebaixado pois naquela temporada não houve acesso ou descenso em nenhuma divisão.

Situação recente e também digna de destaque é a do Fluminense de 2013. Campeão brasileiro no ano anterior, o time carioca foi rebaixado passadas 38 rodadas e teria de disputar a Série B de 2014, mas conseguiu se safar no tapetão, empurrando a Portuguesa para a degola.

Feito raro no mundo

Atual campeão rebaixado? O "feito" jamais visto no Brasil é raríssimo também mundo à fora. Na América do Sul, ligas como a argentina, a uruguaia ou a paraguaia também nunca registraram tal acontecimento. No século 21, apenas o boliviano Jorge Wilstermann passou por tal vexame em terras sul-americanas, nas temporadas de 2010 e 2011.

Entre as principais ligas da Europa, a última vez que um campeão nacional teve de disputar a segunda divisão na temporada seguinte foi em 1994. O francês Olympique Marseille, então pentacampeão, foi rebaixado no tapetão diante de um escândalo envolvendo seu presidente.

Hora de reagir

Para evitar manchar sua história com feito de tamanha raridade, o Corinthians ainda tem mais oito rodadas pela frente na atual edição do Brasileirão. Com 36 pontos e na 12ª colocação, o Timão precisa de mais nove pontos para chegar à mágica pontuação de 45, dita pelos matemáticos como segura para não cair de divisão no campeonato com 20 clubes.

Vindo de um empate em 2 a 2 com o Vitória, domingo passado, no Barradão, o Corinthians volta a campo no sábado, diante do Bahia, na Arena, em Itaquera, pela 31ª rodada. Os comandados de Jair Ventura já somam seis jogos consecutivos sem vencer.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro e História do Corinthians.

Veja Mais:

  • Pedrinho deve jogar aberto nesta noite; meia tem quatro gols em 52 jogos em 2018

    Com novidades na escalação, pressionado Corinthians revê Cruzeiro no Mineirão; saiba tudo

    ver detalhes
  • Jair conta com Romero para surpreender Cruzeiro fora de casa; time viaja à noite

    Jair preserva titulares, e Corinthians não tem treino tático antes de pegar Cruzeiro

    ver detalhes
  • Livre de incômodo, Douglas deve ser novidade no time titular do Corinthians

    Com retorno de volante, Corinthians relaciona 22 para viagem a Belo Horizonte

    ver detalhes
  • Andrés (à dir.) ao lado do diretor de futebol Duílio Monteiro

    Presidente do Corinthians viaja à Europa em busca de contratações

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes