O que as estatísticas mostram sobre o meia Sornoza, novo reforço do Corinthians

O que as estatísticas mostram sobre o meia Sornoza, novo reforço do Corinthians

10 mil visualizações 58 comentários Comunicar erro

Meio-campista chega para dar nova opção ao sistema ofensivo de Carille

Meio-campista chega para dar nova opção ao sistema ofensivo de Carille

Lucas Merçon/Fluminense

Nesta terça-feira, o Corinthians anunciou seu sétimo reforço para a próxima temporada. Trata-se do meio-campista Sornoza, que atuou pelo Fluminense durante todo o ano de 2018. Apesar do ânimo por mais uma contratação, parte da Fiel conhece pouco o equatoriano.

Para saber mais, então, o Meu Timão preparou um apanhado de estatísticas do jogador no último Brasileirão.

Além dos números, é claro, a Fiel também pode saber mais dos atletas com a opinião de quem o acompanhou de perto nos últimos meses. Falamos com especialistas do Fluminense para saber mais - clique aqui e confira.

Criatividade em dia

Nos debates sobre a chegada do meia, o que se comenta é que ele chega para ser uma espécie de sombra para Jadson. Sendo assim, é importante analisar sua capacidade ofensiva, visto que o camisa 10 é o principal expoente técnico do setor no Timão.

Mesmo sem nenhuma assistência no torneio nacional, o ex-camisa 10 do Fluminense se mostrou efetivo na criação de jogadas: foram 54 passes para finalização em 29 partidas disputadas - média de 1,9 por jogo. A efeito de comparação, Jadson deu 52 passes em 25 partidas - média de 2,1.

Pontaria não anima

Camisa 10 e jogando perto do gol, Sornoza é desses jogadores que arriscam muito. Ao todo, foram 50 chutes ao gol durante o Brasileirão, totalizando quase dois por partida. Chutar demais, porém, não é garantia de eficiência. No caso do equatoriano, foram apenas 17 finalizações no alvo, com um único gol marcado.

No Timão, somente Pedrinho chutou mais que o novo reforço, com 60 tentativas. Jadson, principal concorrente para Sornoza, finalizou 29 vezes - acertando 13 delas no gol adversário e marcando quatro tentos.

Passador nato

Se falta precisão nos chutes, sobra nos passes. Durante o Brasileirão, o equatoriano deu 954 passes, com alto índice de acerto - 867 certos e apenas 87 errados. Ou seja, é um jogador extremamente participativo, com média de quase 30 toques certos por partida e apenas três equivocados.

Os números de Jadson, atual camisa 10 alvinegros, são piores que o do novo contratado. Com menos passes totais, o meia errou mais que o novo concorrente por posição - foram 946 tentativas de toque, com 108 erros.

Ninguém pega

Em 2018, um dos principais pontos negativos do Timão foi o alto número de perdas de posse do setor ofensivo. Romero, por exemplo, teve média de mais de seis bolas perdidas por partida. Para sorte da Fiel, Sornoza passa longe desses números.

Com alta responsabilidade na equipe do Fluminense, o jogador reteve bem a bola, perdendo-a em média duas vezes por aparição. O índice é considerado baixo para o plantel alvinegro, que teve 18 jogadores com dados piores que o do novo meia.

E sem bola?

Com características bem ofensivas e tendo pouca obrigação defensiva no esquema do Fluminense, Sornoza ainda assim conseguiu números satisfatórios auxiliando sua equipe atrás. Ao todo, foram duas interceptações e dez desarmes no Brasileirão.

O olhar positivo para o dado tem justificativa, é claro: Jadson, de função parecida em campo, fez quatro desarmes a menos, além de uma única interceptação.

Todos os dados são do Footstats.

Versátil

Sornoza pode atuar em outras funções

Reprodução/WhoScored

Embora seja originalmente um camisa 10, atuando pelo meio e se aproximando de um atacante, Sornoza pode atuar em outras funções. E o Brasileirão 2018 prova isso. De acordo com o portal especializado WhoScored, o equatoriano chegou a atuar como ponta durante o torneio.

Veja mais em: Contratações do Corinthians e Sornoza.

Veja Mais:

  • Fagner é titular absoluto do Corinthians para Majestoso deste domingo

    Em clássico à flor da pele, Corinthians e São Paulo se enfrentam neste domingo; saiba tudo

    ver detalhes
  • Junior Urso está relacionado para seu primeiro jogo pelo Corinthians

    Primeira vez de Junior Urso! Corinthians relaciona 23 jogadores para clássico contra São Paulo

    ver detalhes
  • Arena Corinthians é a casa do Timão desde maio de 2014

    Fundo da Arena Corinthians abate R$ 260 milhões de dívida com Odebrecht

    ver detalhes
  • Torcedor do Corinthians tem 'compromisso majestoso' na noite deste domingo em Itaquera

    Fiel garante 39 mil ingressos para Corinthians x São Paulo; resta um setor disponível

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes