Boselli reafirma desejo de ficar no Corinthians, mas admite conversa para avaliar futuro em dezembro

Boselli reafirma desejo de ficar no Corinthians, mas admite conversa para avaliar futuro em dezembro

Por Andrew Sousa e Rodrigo Vessoni, na Arena Corinthians

27 mil visualizações 225 comentários Comunicar erro

Argentino bateu pênalti com firmeza para selar vitória e ganhar confiança

Argentino bateu pênalti com firmeza para selar vitória e ganhar confiança

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Autor do segundo gol do Corinthians na vitória por 2 a 0 contra o Goiás nesta quarta-feira, o argentino Mauro Boselli voltou a falar de seu futuro em coletiva concedida após o jogo. O atleta reafirmou desejo de ficar no clube, ressaltando tudo que tinha dito durante a semana em suas redes sociais.

"Sobre o que escrevi no Twitter, quis esclarecer um monte de situações, já me davam como jogador de outras equipes como o Boca, um clube que eu gosto muito, que tenho muito carinho, que tenho conhecidos lá. Mas quero esclarecer que não recebi nenhuma proposta do Boca, nada formal, são apenas especulações. Me surpreendi que falem como se eu estivesse certo com essa equipe", pontuou.

"Recebi propostas, sim, não só eu, elas chegaram ao clube, de equipes brasileiras e de outros países. Falando com minha família, meu representante, o presidente (Andrés Sanchez) e os dirigentes do Corinthians, chegamos à conclusão de que eu tenho contrato aqui e quero jogar no Corinthians", completou.

Leia também:
Júnior Urso enaltece carinho do elenco e avalia atuações ruins: 'Faço o que o Carille manda'
Fiel aponta Júnior Urso como melhor do Corinthians em triunfo contra o Goiás; Carlos é o pior
Everaldo revela frustração por falta sofrida em lance de perigo e admite ansiedade por primeiro gol

A conversa entre a cúpula alvinegra e o atacante deve se repetir em dezembro. Mesmo deixando clara sua vontade de permanecer no CT Joaquim Grava, o experiente atacante argentino admite nova discussão sobre o seu futuro ao fim da temporada.

"Já falei também que para uma adaptação é preciso esperar um ano. Eu cheguei há seis meses e não posso querer já ir. Tenho contrato e quero seguir. Em dezembro a comissão técnica, o presidente e eu veremos como será meu futuro. Tenho vontade de seguir no Corinthians ajudando a equipe", concluiu.

Na briga por posição com Vagner Love, o centroavante se reapresenta com o restante do plantel alvinegro nesta quinta-feira, dando início à preparação para encarar o Internacional, no domingo, às 11h.

Veja mais em: Mauro Boselli e Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Ex-técnico do Corinthians assume o Fluminense para o jogo de volta da Sul-Americana

    Fluminense anuncia novo técnico antes de jogo contra Corinthians, mas estreia não será quinta

    ver detalhes
  • Quem joga quinta-feira? Sornoza e Vital responderam ao Meu Timão

    [Marco Bello] Quem joga quinta-feira? Sornoza e Vital respondem ao Meu Timão

    ver detalhes
  • Atacante lembra com carinho dos tempos de Corinthians

    Kazim posta montagem com fotos do Corinthians e revela: 'Sinto falta'

    ver detalhes
  • Meninas do Corinthians Feminino entraram para a história

    Recorde de vitórias consecutivas do Corinthians é incluído no Guinness World Records

    ver detalhes

Comente a notícia: