Treinadora da Seleção Brasileira exalta temporada do Corinthians e 'pede' confronto internacional

3.4 mil visualizações 26 comentários

Por Meu Timão

Pia elogiou a temporada do Corinthians Feminino

Pia elogiou a temporada do Corinthians Feminino

Daniela Pocelli/ CBF

Depois de comandar o último treino da Seleção Brasileira, no CT do Corinthians, antes do duelo contra o México, às 21h da próxima quinta-feira, a treinadora Pia Sundhage se dirigiu à sala de imprensa e concedeu uma entrevista coletiva na qual exaltou a temporada da equipe feminina do Timão.

Em meio à disputa do Campeonato Brasileiro, Paulista e da Libertadores, as corinthianas entraram em campo 47 vezes e venceram 43 partidas, além de três empates e apenas uma derrota, conseguindo um aproveitamento de 94% na temporada. Além disso, a equipe bateu o recorde de vitórias seguidas e também chegou aos 45 jogos de invencibilidade - a sequência ainda não foi interrompida.

Dos três títulos disputados, as alvinegras conquistaram dois: o Paulista e a Libertadores. No nacional, ficaram com o vice campeonato.

"Estou realmente impressionada com essa sequência de vitórias. Às vezes, a gente não dá o devido valor a isso, o time vence, vence e vence jogando bem. Eu vi o último jogo in loco, o do Paulistão, para 30 mil pessoas. Foi isso? Posso mencionar a Gabi (Zanotti). É um time que tem muito espaço para jogar e não precisa se preocupar tanto com a defesa, pois retoma muito rápido a posse da bola", exaltou Pia.

Leia também:
Reunião na segunda-feira deve definir futuro de jogadoras do Corinthians para 2020
Zagueira do Corinthians fala sobre polêmica de ingressos da Seleção na Arena e projeta amistoso
Mulheres salvam o Corinthians em premiação do Brasileirão 2019; masculino leva único prêmio

Com seu amplo conhecimento no futebol, a treinadora comparou a modalidade no Brasil e no exterior. Segundo ela, a velocidade de jogo é maior nos Estados Unidos e na Europa a modalidade está em um patamar superior em termos táticos. Ainda de acordo com a técnica, justamente para contrapor essas diferenças, seria interessante um duelo entre o Corinthians e algum grande clube do exterior.

"Tudo depende da velocidade do jogo. Posso comparar com um clássico da França: PSG x Lyon, que eu também vi. Tem mais transição, velocidade nas jogadas. Seria bem legal ver o Corinthians contra o Lyon, que é um dos melhores do mundo, ou contra o North Carolina, onde joga a Debinha. Nos EUA, creio que seja mais rápido e na Europa mais tático", finalizou.

Com seis corinthianas em seu elenco (Lelê, Tamires, Érika, Gabi Zanotti, Millene e Vic Albuquerque), Pia comanda a Seleção na Arena Corinthians nesta quinta-feira, e depois na Fonte Luminosa, também contra o México, às 18h30.

Veja mais em: Corinthians feminino e Corinthianos na Seleção.

Veja Mais:

  • Neo Química já foi patrocinadora máster do Corinthians na época de Ronaldo Fenômeno

    Neo Química, dona do naming rights, volta à camisa do Corinthians; saiba os detalhes 

    ver detalhes
  • Do Fórum do Meu Timão direto para a camisa do Corinthians Feminino

    [Ana Paula Araújo] Do Fórum do Meu Timão direto para a camisa do Corinthians Feminino

    ver detalhes
  • Zagueiro Gil deve voltar à equipe após cumprir suspensão na última rodada

    Corinthians realiza trabalho técnico de olho no Red Bull Bragantino; veja provável escalação

    ver detalhes
  • [Giovana Duarte] Como o time feminino do Corinthians pode ajudar a modalidade inteira fora de campo

    ver detalhes
  • Elenco comemora gol de Gustavo Silva sobre o Sport, pelo Brasileirão, na Neo Química Arena

    Corinthians inicia rodada com 6% a mais de chance de terminar o Brasileirão no G6; veja números

    ver detalhes
  • As mudanças na parceria entre Corinthians e BMG explicitam que esse nunca foi um patrocínio máster

    [Julia Raya] As mudanças na parceria entre Corinthians e BMG explicitam que esse nunca foi um patrocínio máster

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: