Boselli lembra suas Libertadores antigas e fala do privilégio de disputar uma pelo Corinthians

1.4 mil visualizações 24 comentários

Por Meu Timão

O atacante Boselli mostrou sua expectativa para voltar a jogar o torneio

O atacante Boselli mostrou sua expectativa para voltar a jogar o torneio

Daniel Augusto Jr./ Ag. Corinthians

Bicampeão da Copa Libertadores da América, o atacante Mauro Boselli é um dos jogadores mais experientes do elenco. Titular da equipe do Corinthians, ele volta a disputar uma edição do principal torneio sul-americano após seis anos, a partir das 21h30 (de Brasília) desta quarta-feira, em Assunção, no Paraguai.

"É um sentimento de felicidade voltar a jogar essa competição. A última vez em que joguei foi pelo Léon. É um torneio que já ganhei duas vezes e é a mais importante para o jogador sul-americano. Jogá-la em um time tão grande como o Corinthians é um prazer, tomara que consigamos passar da eliminatória para nos meter na fase de grupos", disse o jogador à Corinthians TV.

"Esse é o torneio mais importante a nível continental. Todos os times da América do Sul querem jogar esse torneio. Você joga em estádios complicados contra rivais difíceis, é um do atrativos da Copa Libertadores", continuou o camisa 17, que venceu a taça em 2007, como reserva do Boca Juniors, e em 2009, como goleador do Estudiantes.

"Acredito que a (mais marcante foi a) de 2009, com o Estudiantes. Fui artilheiro, fiz gol na final, é a mais importante para mim, a que eu mais me lembro e a que me traz mais felicidade", recordou Boselli. Para ele, a volta do Timão à competição após um ano ausente certamente é notada pelos adversários do continente.

"Os argentinos respeitam muito o que é o futebol brasileiro, Corinthians é uma equipe muito grande. Mesmo o Boca respeita bastante, sofreu um pouco contra o Corinthians em 2012. Na Argentina se sabe o potencial que tem essa camiseta", concluiu.

Veja mais em: Mauro Boselli e Libertadores da América.

Veja Mais:

  • Em 2016, o Corinthians comprou 50% dos direitos econômicos de Marlone por R$ 4 milhões; pelo acordo, o Timão pagaria duas parcelas de R$ 500 mil e outras 20 parcelas mensais de R$ 150 mil

    Corinthians tenta efeito suspensivo para evitar cobrança de R$ 2,1 milhões na Justiça, que é negado

    ver detalhes
  • Último jogo do Corinthians no domingo à tarde na Neo Química Arena foi contra o Vasco, no Brasileiro

    Corinthians vai atuar pela primeira vez na temporada em um domingo à tarde; relembre horários

    ver detalhes
  • Pedrinho anota o primeiro gol do Corinthians no Brasileirão Sub-17

    Corinthians supera o Internacional e estreia com vitória no Brasileirão Sub-17

    ver detalhes
  • Corinthians conheceu detalhes de seu último compromisso na fase de grupos do Paulista

    Jogo entre Corinthians e Novorizontino é confirmado à tarde; jogos da rodada serão no mesmo horário

    ver detalhes
  • Camacho em ação contra o Atlético-GO pelo Campeonato Brasileiro do ano passado

    CBF define data e horário para a terceira fase da Copa do Brasil; Corinthians encara o Atlético-GO

    ver detalhes
  • Corinthians venceu o Santo André em amistoso do Sub-20

    Corinthians bate Santo André por 2 a 0 em amistoso do Sub-20; veja detalhes

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x