Portuguesa x Corinthians

Pelo Campeonato Paulista, o Corinthians vai empatando contra a Portuguesa

Acompanhe ao vivo

Preparador físico do Corinthians detalha processo de recuperação e fala sobre rodízio no elenco

1.6 mil visualizações 21 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Michel Huff e Tiago Nunes trabalham juntos para definir o time titular de cada partida alvinegra

Michel Huff e Tiago Nunes trabalham juntos para definir o time titular de cada partida alvinegra

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Na tarde desta domingo, o Corinthians entra em campo diante da Internacional de Limeira, pelo Campeonato Paulista, na Arena, em Itaquera. Para a partida, que começa às 16h, o Timão deve ter uma equipe mista em campo, e a decisão tem uma explicação.

Diante do mês cheio de compromissos que vive o elenco alvinegro, é provável que alguns titulares deem lugar a alguns reservas, fazendo um rodízio no elenco. Assim, o preparador físico Michel Huff avaliou a situação.

"Da palavra 'poupar' emanam três situações: a de poupar todo mundo, a de não poupar ou a de fazer rodízio. Rodízio é para ver quem está precisando de descanso, se tem alguém de mesmo nível para a posição, se o cara está respondendo... E, claro, tem a situação de não rodiziar ninguém, só tirar quando o cara estiver exaustou ou sofrer lesão", explicou em entrevista ao GloboEsporte.com e logo completou:

"Há muita conversa, avaliações diárias, estudos sobre os relatórios de treino, discussão sobre quem deve ou não jogar. Acho que a grande preocupação é saber como o jogador está se recuperando de um jogo para o outro para saber com quem contar. O importante é saber se no dia seguinte o cara já está bem, se já aumentaram os níveis de força, se estão com pouca dor muscular. Os detalhes são muito importantes".

Leia também:
Gol de Tevez e Tite no banco de reservas: o último duelo entre Corinthians e Inter de Limeira
Com Michel Macedo, Corinthians divulga lista de relacionados para duelo com a Inter de Limeira

Ainda segundo Michel, o treinador Tiago Nunes tem participação importante nas análises e decisões. O técnico, que começou sua carreira como preparador físico, tem formação em Educação Física e se envolve bastante nas discussões.

"Tiago gosta de provocar no bom sentido. Provocar em relação ao debate de ideias. Prefiro um cara assim do que trabalhar com alguém que talvez não entenda e você tenha que ensinar o cara. Um técnico com entendimento deixa o processo mais rápido e as discussões entram em um caminho que você acaba chegando no denominador comum", analisou.

Outro ponto ressaltado por Michel foi sobre o entendimento da ideia de jogo do Tiago por parte dos jogadores. Em sua analise, apesar de ainda precisarem evoluir, os atletas caminham bem.

"Fisicamente, os jogadores ainda têm a evoluir. Ainda não tivemos lesão muscular em decorrência da falta ou excesso de treino. As coisas estão organizadas. Vamos evoluir ainda mais, temos que crescer mais. O principal é que os jogadores respondam na ideia de jogo. É isso que prefiro, mesmo que sofram para evoluir fisicamente neste começo", finalizou.

Veja mais em: Elenco do Corinthians e Tiago Nunes.

Veja Mais:

  • De Chicão a Felipe: como um elenko do Corinthians virou balcão de negócios

    [Lucas Faraldo] De Chicão a Felipe: como um elenko do Corinthians virou balcão de negócios

    ver detalhes
  • Proposta do Palmeiras e 'não' do Corinthians em 2015: Chicão abre o jogo ao Meu Timão

    VÍDEO: Proposta do Palmeiras e 'não' do Corinthians em 2015: Chicão abre o jogo ao Meu Timão

    ver detalhes
  • MP-SP triplica valor cobrado do Corinthians por acordo não cumprido após oito anos

    Em nota oficial, Corinthians cita excesso de burocracia e contesta valores cobrados por MP-SP

    ver detalhes
  • Mais um quiz da Arena Corinthians para testar o conhecimento dos torcedores

    Jogos, números, dados... Esse quiz vai mostrar se você conhece bem a Arena Corinthians!

    ver detalhes
  • Terreno onde foi construída a Arena Corinthians, de quase 200 mil metros quadrados, foi concedido ao clube pela Prefeitura em 1988; concessão é válida por 90 anos, mas MP-SP ainda cobra contrapartidas

    Arena Corinthians: MP-SP triplica valor cobrado do clube por acordo não cumprido após oito anos

    ver detalhes
  • Boselli agradeceu importante apoio da torcida do Corinthians

    Boselli destaca adaptação da família ao Brasil e agradece torcida do Corinthians: 'Muito importante'

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: