Corinthians esclarece pedido para não realizar testes e ressalta quebra de protocolo do rival

32 mil visualizações 122 comentários

Por Meu Timão

Corinthians já fez duas baterias de exames e elenco está concentrado há duas semanas

Corinthians já fez duas baterias de exames e elenco está concentrado há duas semanas

Agência Corinthians

Antes mesmo da bola rolar para as finais do Campeonato Paulista, Corinthians e Palmeiras já vivenciam a primeira polêmica da decisão. Em reunião nesta segunda-feira, a equipe alvinegra pediu para não realizar os restes de coronavírus antes das duas partidas. Pouco após a veiculação do pedido, o clube soltou nota oficial para esclarecer a situação.

No comunicado, a direção alvinegra ressalta o isolamento de 14 dias que seus atletas e funcionários estão cumprindo durante o mata-mata do Paulistão. Além disso, o Timão reforça que o adversário da final está fazendo o contrário, descumprindo o protocolo estabelecido pela Federação Paulista de Futebol.

"O Corinthians cumpriu o confinamento de seus atletas e comissão técnica, seguindo à risca o acordo, diferentemente da Sociedade Esportiva Palmeiras que descumpriu e liberou seus atletas depois de cada partida, o que nunca foi permitido. No SCCP, além dos atletas e da comissão, também seguem o mesmo protocolo de confinamento na concentração todos os funcionários envolvidos nas atividades diárias do centro de treinamento. Além disso, o clube realizou duas baterias de exames durante esse período", diz trecho da nota - veja na íntegra abaixo.

"Prezando a saúde desde o início da pandemia, o Corinthians zela pelos cuidados de seus atletas e colaboradores e, por isso, mantém sua delegação em confinamento há 14 dias, período este em que todos estão privados do convívio de suas famílias. Não aceitamos que o ônus da irresponsabilidade seja transferido para quem cumpriu todos esses requisitos", completa.

Recentemente, vale lembrar, o Timão teve problemas com Cantillo, que testou positivo e teve que se ausentar dos treinos durante duas semanas. Antes disso, logo na reapresentação, oito jogadores testaram positivo para o Covid-19 e outros 13 já tinham tido contato com o vírus.

Confira a nota completa do Corinthians

O Sport Club Corinthians Paulista vem a público esclarecer as informações equivocadas veiculadas na imprensa sobre a realização dos testes de Covid-19 em seus atletas.

Conforme o protocolo elaborado pela Federação Paulista de Futebol e seu comitê médico, aprovado e exigido pelo Governo do Estado de São Paulo, Prefeitura de São Paulo e prefeituras de todas as cidades dos clube participantes, o Corinthians cumpriu o confinamento de seus atletas e comissão técnica, seguindo à risca o acordo, diferentemente da Sociedade Esportiva Palmeiras que descumpriu e liberou seus atletas depois de cada partida, o que nunca foi permitido.

No SCCP, além dos atletas e da comissão, também seguem o mesmo protocolo de confinamento na concentração todos os funcionários envolvidos nas atividades diárias do Centro de Treinamento. Além disso, o Clube realizou duas baterias de exames durante esse período.

Prezando a saúde desde o início da pandemia, o Corinthians zela pelos cuidados de seus atletas e colaboradores e, por isso, mantém sua delegação em confinamento há 14 dias, período este em que todos estão privados do convívio de suas famílias. Não aceitamos que o ônus da irresponsabilidade seja transferido para quem cumpriu todos esses requisitos.

A diretoria do Timão ressalta ainda que nenhuma tentativa de tumultuar o ambiente será admitida e repudia a prática que se repete há três anos, quando a equipe chegou às finais do Estadual consecutivamente.

Veja mais em: Dérbi e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Cazares pode ser jogador do Corinthians no Brasileirão

    Corinthians abre conversas para tentar contratar Cazares, do Atlético Mineiro

    ver detalhes
  • Jô no jogo contra o Fluminense, no Maracanã

    Corinthians consegue efeito suspensivo e Jô ficará à disposição para encarar o Sport

    ver detalhes
  • Maracanã deve receber torcedores a partir de outubro

    Prefeitura autoriza volta do público nos estádios do Rio; Corinthians vai brigar pela isonomia

    ver detalhes
  • Momento em que o ex-goleiro Ronaldo Giovanelli recebe a camisa do Corinthians

    Ronaldo Giovanelli se emociona ao receber camisa em homenagem ao título Brasileiro de 90

    ver detalhes
  • Compra é possível nas versões inglesa e alemã do site

    Nova terceira camisa do Corinthians já é vendida em site europeu por até R$ 560

    ver detalhes
  • Jogadores do Corinthians comemoram o gol de Otero, contra o Bahia, na Neo Química Arena

    Números do ataque do Corinthians pós-2017 disparam com a presença de Coelho no banco

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: