Atacantes da base estreiam com personalidade no time profissional do Corinthians; veja análise

10 mil visualizações 56 comentários

Cauê teve poucos minutos, mas chamou o jogo e mostrou qualidade

Cauê teve poucos minutos, mas chamou o jogo e mostrou qualidade

Danilo Fernandes/Meu Timão

Desde as últimas rodadas do Campeonato Brasileiro, o Corinthians fala em mudança de mentalidade para a nova temporada, usando mais as categorias de base. Neste domingo, o clube já começou esse processo e promoveu a estreia de dois garotos no empate por 0 a 0 diante do Red Bull Bragantino: Rodrigo Varanda e Cauê.

Como de costume, o Meu Timão analisa o primeiro jogo das duas promessas, que tendem a ganhar ainda mais minutos nas próximas partidas. Nas redes sociais, cabe destacar, a Fiel aprovou o desempenho dos dois.

Rodrigo Varanda

Ponta esquerda de origem, Rodrigo Varanda começou como titular caindo mais pela direita, fazendo dupla de ataque com Léo Natel. Depois de primeiros minutos apagadas, o garoto foi entrando no jogo e deixou impressão positiva.

Em mais de um lance, Varanda se mostrou atento para aproveitar uma jogada alvinegra - como a ida de Gabriel ao fundo e finalização perigosa do garoto no meio dos zagueiros. Em outro momento, estava ligado para buscar bola rebatida na linha de fundo e dar lindo drible em seu marcador.

Depois do lindo lance, Rodrigo se soltou e passou a se apresentar ainda mais para o jogo. Na segunda etapa, o atleta sentiu a falta de ritmo e a intensidade de um jogo profissional, sendo substituído.

Cauê

Nome de maior expectativa entre os alvinegros, Cauê só entrou em campo aos 22 minutos da segunda etapa. Mesmo com poucos minutos, mostrou sua qualidade e deixou claro que pode ser mais útil que Léo Natel como atacante e até mesmo que o contestado Jô.

Ligado, o garoto tentou fazer o pivô em vários momentos, mostrou qualidade para conduzir a bola e em determinado momento esbanjou visão de jogo ao virar o jogo depois de bom giro no meio de campo.

Mesmo tocando pouco na bola, Cauê entrou no ritmo do jogo, o que já o deixa vivo na concorrência por uma vaga no comando de ataque do Timão. O detalhe negativo fica para o cartão injusto que ele tomou em lance que mostrou qualidade para pisar na bola.

Veja mais em: Rodrigo Varanda e Cauê.

Veja Mais:

  • Ramiro é um dos únicos titulares do duelo com o Guarani relacionado para enfrentar a Ferroviária

    Com mudanças, Corinthians visita Ferroviária para manter invencibilidade na temporada; saiba tudo

    ver detalhes
  • Luan disputou seis jogos pelo Corinthians em 2021

    Luan desabafa sobre falta de oportunidades com Mancini no Corinthians: 'Sou o único sem sequência'

    ver detalhes
  • Cazares deixa o Corinthians para acertar com o Fluminense

    Corinthians libera Cazares para acertar com o Fluminense

    ver detalhes
  • Será que a equipe do Léo Santos venceu o minijogo que rolou na atividade? Se liga na alegria do...

    Corinthians inscreve Léo Santos no Campeonato Paulista; restam três vagas na lista A

    ver detalhes
  • Ramiro é o único titular dentre os jogadores de linha presente entre os relacionados

    Corinthians muda quase todo o time e relaciona 22 jogadores para encarar a Ferroviária; veja a lista

    ver detalhes
  • Nova escalação e venda de Bruno Méndez podem salvar o Corinthians

    VÍDEO: Nova escalação e venda de Bruno Méndez podem salvar o Corinthians

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x