Corinthians cria pouco, perde para Palmeiras e é eliminado do Campeonato Paulista

28 mil visualizações 1.544 comentários

Otero e Luan durante Dérbi entre Corinthians e Palmeiras, na Neo Química Arena

Otero e Luan durante Dérbi entre Corinthians e Palmeiras, na Neo Química Arena

Danilo Fernandes / Meu Timão

Corinthians 0 X 2 Palmeiras

Paulista 2021
16 de maio de 2021, 16:00
Corinthians 0 x 2 Palmeiras
Neo Química Arena

O Corinthians está eliminado do Campeonato Paulista. Na tarde deste domingo, a equipe alvinegra sofreu para criar chances claras e perdeu para o Palmeiras por 2 a 0, na Neo Química Arena, pela semifinal do torneio estadual.

Pela forte pressão de torcedores e até mesmo interna, o técnico Vagner Mancini foi demitido do clube após o revés.

Com o resultado, o time corinthiano começa a projetar os compromissos pelo Brasileirão e pela Copa do Brasil, já que também se despediu da Copa Sul-Americana de forma precoce e não tem grandes objetivos nos próximos dias. O campeonato nacional, cabe destacar, se inicia no fim deste mês.

Agenda alvinegra

  • Já eliminado, o Corinthians volta a entrar em campo pela Sul-Americana na próxima quinta-feira. Às 21h30, o Timão recebe o Huancayo, do Peru, na Neo Química Arena, pela quinta rodada da fase de grupos.

Escalação do Corinthians

Sem Fagner, que se recupera da Covid-19, Vagner Mancini escalou o jovem Mandaca na ala direita e mandou o Corinthians a campo com Cássio; João Victor, Jemerson e Raul; Ramiro, Gabriel, Mandaca e Lucas Piton; Luan e Otero; Cauê.

Escalação do Corinthians para o duelo contra o Palmeiras

Meu Timão

Os 90 minutos

Primeiro tempo

A primeira chance clara criada pelo Corinthians aconteceu logo aos 11 minutos, com Luan. O meia-atacante recebeu cruzamento na entrada da área e mandou de primeira no canto do goleiro Weverton, que só acompanhou a saída da bola.

A alegria da torcida alvinegra pelo lance, porém, durou pouco. No ataque seguinte, Raphael Veiga avançou pela direita, passou por Piton e cruzou rasteiro para a área. Raul Gustavo desviou a bola, que sobrou para Rony chutar rasteiro. Cássio espalmou e, na sobra, Victor Luís mandou para as redes.

Em seguida, o time alviverde criou as melhores chances e o Timão, apesar de ter a posse de bola, não conseguiu furar a forte defesa rival. Aos 23, Gabriel mandou uma bomba de fora da área, mas viu a bola sair pela linha de fundo. Ainda era pouco para o clube mandante.

O Palmeiras criou ao menos três oportunidades claras de ampliar a vantagem, mas parou na trave e num gol invalidado por impedimento. Em meio ao bom momento palmeirense, Jemerson sentiu e viu Gil entrar em seu lugar.

Pouca coisa aconteceu depois desse lance e as equipes foram para os vestiários com vitória do Palmeiras por 1 a 0 no placar.

Segundo tempo

Insatisfeito com o que viu na primeira etapa, o técnico Vagner Mancini promoveu duas alterações durante o intervalo. O meia Mateus Vital e o atacante Gustavo Mosquito entraram nas vagas de Cauê e Mandaca, respectivamente.

No entanto, pouca coisa mudou. Apesar de uma boa tentativa de Mosquito, o Palmeiras seguiu com total controle do clássico e começou a empilhar chances desperdiçadas. Como o Timão continuou apático, Mancini promoveu a entrada de Léo Natel no lugar de Ramiro.

Dez minutos depois, aos 30, o Palmeiras enfim ampliou a vantagem. Zé Rafael lançou Luiz Adriano entre a zaga corinthiana, o camisa 10 alviverde ajeitou de primeira para Rony, que também devolveu de primeira. Luiz Adriano, portanto, dominou e bateu no canto de Cássio.

Aos 39, Mosquito foi derrubado na grande área e o juiz anotou a penalidade. Na cobrança, Luan mandou a bola no travessão e desperdiçou a cobrança. A última alteração da equipe foi a entrada de Jô no lugar de Otero.

Com exceção da expulsão de João Victor já nos acréscimos, o Corinthians não conseguiu nenhum lance de destaque e a partida terminou com vitória do Palmeiras por 2 a 0.

Veja mais em: Dérbi e Campeonato Paulista.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a notícia:

x