Patrocínio de camisa no centenário coloca Corinthians ao lado de grandes clubes europeus

3.7 mil visualizações 0 comentários

Por Meu Timão

Camisa do Timão e traz grande receita para o clube

Camisa do Timão e traz grande receita para o clube

Um estudo publicado nesta quinta-feira (28) pela consultoria Sport+Markt ajudou a mensurar o quanto os clubes brasileiros perdem em relação aos europeus em termos de patrocínio em suas camisas. Mas a divulgação dos dados mostrou que a combinação de centenário, Ronaldo e diversos anunciantes em uma só camisa colocou o Corinthians ao lado de grandes clubes do Velho Continente.

O Alvinegro atualmente conta com seis pontos de patrocínio em sua camisa. A Hypermarcas colocou a Neo Química Genéricos no peito e nas costas, além da Bozzano nas mangas e a Avanço nas axilas e no ombro, a um custo aproximado de R$ 38 milhões. O banco Pan-Americano abocanhou outros dois locais: as barras da frente e de trás do uniforme, por R$ 7 milhões.

Os cerca de R$ 45 milhões arrecadados pelo Corinthians neste ano equivalem a aproximadamente de 19 milhões de euros, a moeda com a qual os clubes europeus negociam suas cotas de patrocínio. Segundo o relatório divulgado pela Sport+Markt, somente quatro times da Europa superaram o Timão nesta temporada: Manchester United e Liverpool, com 23,6 milhões de euros cada (aproximadamente R$ 56 milhões), o Real Madrid, com 23 milhões de euros (R$ 54,6 milhões) e o Bayern de Munique, com 22 milhões de euros (R$ 52 milhões).

O Manchester United é patrocinado pela corretora de seguros AON, o Liverpool tem parceria com o banco Standard Chartered, o Real com o site de apostas na internet Bwin e o Bayern com a empresa de telecomunicações Deutsche Telekom. O Chelsea, quinto colocado, já aparece atrás do Corinthians, com os 16,3 milhões de euros (R$ 38,5 milhões) da Samsung.

Há três ressalvas nessa comparação: 1) Os clubes europeus possuem apenas um ponto de patrocínio em suas camisas: no peito. Mesmo os times com grandes patrocínios não os usam nas costas; 2) Se o Barcelona escolhesse ter um patrocínio em sua camisa, provavelmente superaria o Timão, pois tem disparado a maior base de torcedores segundo a Sport+Markt. Contudo, o time, por tradição, usa apenas um logotipo simbólico do Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância); e 3) Uma porcentagem relevante do montante corintiano vai para Ronaldo.

As médias de receita por patrocínio de camisa dos clubes de primeira divisão na Europa são: 6,4 milhões de euros (R$ 15,1 milhões) na Inglaterra, 5,92 milhões de euros (R$ 14 milhões) na Alemanha, 3,29 milhões de euros (R$ 7,77 milhões) na França e 2,94 milhões de euros (R$ 6,9 milhões) na França.

Fonte: R7

Veja Mais:

  • Pedrinho pode deixar o Corinthians nas próximas semanas

    Destaque da base do Corinthians pode deixar o clube por valor irrisório; entenda

    ver detalhes
  • Gustavo Almeida pode deixar o Corinthians depois de confusão na base

    Mercado da bola do Corinthians: zagueiro anunciado, reviravolta com técnico e contratações no Cifut

    ver detalhes
  • Treinador Gustavo Almeida deve deixar o Corinthians

    Treinador deve deixar o Corinthians após veto de Duilio a promoção ao Sub-20

    ver detalhes
  • Jogadores mais experientes serão inscritos na Lista A enquanto os jovens revelados na base ficam com a Lista B

    Como funciona a lista de jogadores inscritos do Campeonato Paulista?

    ver detalhes
  • Vitinho e Léo Santos são dois dos atletas que estão emprestados pelo Corinthians

    Saiba como a nova regra de empréstimos da Fifa pode afetar o Corinthians em 2022

    ver detalhes
  • Corinthians treinou nesta quinta-feira com a participação de Robson Bambu

    Reforço em campo e interrupção por chuva marcam treino do Corinthians nesta quinta-feira

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Você prefere um elenco forte ou uma camisa sem muitos patrocínios?

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

x