Corinthians volta a jogar mal fora de casa e é superado pelo São Paulo no Brasileirão

27 mil visualizações 2.069 comentários

Corinthians não viveu boa noite diante do São Paulo

Corinthians não viveu boa noite diante do São Paulo

Alexandre Schneider / Getty Images

O Corinthians conheceu mais uma derrota na noite desta segunda-feira. Jogando no Morumbi, o Timão acabou superado pelo São Paulo por 1 a 0, pelo Brasileirão.

A noite foi bastante apática para a equipe alvinegra. O time de Sylvinho viu os donos da casa tomarem as iniciativas no primeiro tempo e abrirem o placar logo nos primeiros minutos. Na segunda etapa, os corinthianos não conseguiram se encontrar em campo, cometeram erros individuais em excesso e não alcançaram o empate.

Anota na agenda: o Corinthians volta a entrar e campo no próximo dia 24, um domingo. A equipe alvinegra visita o Internacional, no Beira Rio, às 16h, pelo Brasileirão.

Timão escalado!

O Corinthians teve os desfalques de Fagner, suspenso pelo terceiro amarelo, e Willian, com lesão na coxa. Assim, a equipe foi escalada com: Cássio, Du Queiroz, João Victor, Gil e Fábio Santos; Cantillo, Renato Augusto, Giuliano, Adson e Gabriel Pereira; Róger Guedes.

Corinthians escalado para o Majestoso

Meu Timão

O São Paulo, por sua vez, foi escalado com Volpi, Orejuela, Arboleda, Léo, Reinaldo, Liziero, Igor Gomes, G. Sara, Benitez, Luciano e Calleri.

O jogo

Primeiro tempo

O jogo começou com muitas trocas de passes pelo time do São Paulo, que buscava espaço entre as linhas do Corinthians. Com menos de cinco minutos, a equipe da casa abriu o placar quando Luciano recebeu bom passe entre a zaga e bateu no canto, mas o bandeirinha anulou o gol por impedimento.

Depois disso, o Corinthians começou a buscar mais o jogo, mas a equipe mandante ainda dominava. Com quase sete minutos, o São Paulo voltou a marcar e dessa vez o tento foi validado: Reinaldo recebeu na esquerda e cruzou para Calleri balançar a rede.

A primeira boa chance do Corinthians aconteceu com cerca de 12 minutos, quando Róger Guedes recebeu o cruzamento e conseguiu o desvio de cabeça, mas a trajetória da bola foi pouco alterada e ela saiu pela linha de fundo sem perigo para o gol de Volpi. Depois disso, a equipe alvinegra tentava ficar com a bola para criar novas jogadas, mas os adversários tinham a posse.

Os minutos seguintes foram marcados por muita disputa de bola e um jogo bastante brigado no meio de campo. O Corinthians teve duas oportunidades em cruzamentos, mas a defesa adversária levou a melhor. O São Paulo voltou a levar perigo com 25 minutos, quando Igor Gomes bateu cruzado e obrigou Cássio a sair para fazer a defesa A bola seguiu viva na área, mas acabou afastada.

O Timão voltou a levar perigo ao gol de Volpi quando Giuliano recebeu o passe pelo meio e tentou o domínio, mas deixou a bola escapar. O arqueiro são-paulino conseguiu afastar o perigo parcialmente e a sobra foi de Renato Augusto, que bateu de primeira, mas para fora por cima do gol.

Já dentro dos dez minutos finais, Igor Gomes levou perigo para a meta alvinegra depois da boa troca de passes e a finalização na entrada da área, mas o chute saiu por cima do gol. Por volta dos dez minutos, Du Queiroz e Calleri se desentenderam na lateral, João Victor chegou para apoiar o companheiro e uma briga se iniciou. Ninguém foi expulso, mas o são-paulino e o zagueiro corinthiano foram amarelados.

Nos acréscimos, em cobrança de falta, Gabriel Pereira aproveitou a sobra e bateu firme no alto, mas Volpi se recuperou na pequena área e fez boa defesa. Sem mais jogadas de perigo de ambas as equipes, o primeiro tempo chegou ao fim. O Timão foi para o vestiário perdendo por 1 a 0.

Segundo tempo

O Corinthians voltou para o segundo tempo sem mudanças Logo no primeiro minuto de jogo, a tentativa do São Paulo de ampliar o placar pela direita, com Luciano, acabou bem cortada por Fábio Santos. Minutos depois, Cássio precisou trabalhar duas vezes seguidas para afastar uma cobrança de escanteio e, depois, uma finalização de Arboleda.

Com dez minutos, Sylvinho fez a primeira mudança do Corinthians e colocou Mosquito no lugar de Adson. A equipe alvinegra tentava as jogadas principalmente com Renato Augusto e Gabriel Pereira, mas nenhum dos dois tinha sucesso.

Os erros individuais do Corinthians aumentaram ainda mais no segundo tempo, o que dificultava a criação ofensiva da equipe. Com cerca de 25 minutos, o Timão tentou levar perigo em cobrança de escanteio, que foi parcialmente afastada. A sobra ficou com Fábio Santos, que chutou de fora de primeira, mas mandou para fora. O São Paulo saiu em velocidade e tentou com Igor Gomes também de fora da área, mas a bola subiu demais.

Perto dos 30 minutos, Sylvinho mexeu mais uma vez e tirou Cantillo de campo para a entrada de Jô. Logo após a mudança, o Timão chegou perto de empatar o jogo: Mosquito chutou de longe, a bola desviou e o camisa 77 e Fábio Santos buscaram a sobra, mas ela saiu em tiro de meta passando perto do gol.

O Corinthians voltou a levar perigo com Renato Augusto de cabeça após o cruzamento de Mosquito, mas Volpi fez a defesa e Arboleda completou afastando em escanteio. Na cobrança, a sobra da bola mal afastada ficou com João Victor, que dominou e bateu da entrada da área, para ficar com novo escanteio. Desta vez, o Timão não conseguiu aproveitar bem a oportunidade.

Poucos minutos depois, Róger Guedes fez a jogada individual, cortou o marcador e bateu rasteiro pelo meio, mas Volpi caiu para ficar com a bola. O São Paulo voltou a reagir com Luciano, que bateu com força de fora da área e foi parado pela trave direita de Cássio depois de um toque de leve do goleiro na bola.

Já na reta final do jogo, Sylvinho mudou pela última vez e colocou Mantuan em campo no lugar de Gabriel Pereira. O São Paulo ainda tentou um segundo gol em novo chute de fora da área, mas a bola foi para fora.

Veja mais em: Corinthians x São Paulo, Majestoso e Campeonato Brasileiro.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a notícia:

x