Corinthians faz primeiro tempo impecável, domina o Santos e consegue boa vantagem na Copa do Brasil

34 mil visualizações 664 comentários

Corinthians 4 X 0 Santos

Copa do Brasil 2022
22 de junho de 2022, 21:30
Corinthians 4 x 0 Santos
Neo Química Arena, São Paulo, SP.

O Corinthians viveu uma noite mágica na Neo Química Arena nesta quarta-feira. Pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, o Timão dominou o Santos e venceu por 4 a 0 para largar em vantagem na competição - veja no vídeo acima os melhores momentos da goleada.

A equipe corinthiana fez um primeiro tempo praticamente impecável e consolidou o placar já nos primeiros 45 minutos, abrindo 3 a 0 de vantagem. Na etapa final, o Timão não mudou sua forma de jogar, seguiu pressionando e ainda conseguiu mais um gol.

Agenda alvinegra: o Corinthians volta a campo no sábado, contra o próprio Santos. As equipes se reencontram pelo Brasileirão, às 19h, novamente na Neo Química Arena.

Escalação

Com os desfalques de Gil, com lesão no músculo posterior da coxa direita, e Renato Augusto, com desconforto na panturrilha, o Corinthians foi a campo com Cássio; Fagner, João Victor, Raul e Piton; Du Queiroz, Cantillo e Giuliano; Mantuan, Willian e Róger Guedes.

Corinthians escalado para enfrentar o Santos

Meu Timão

O jogo

Primeiro tempo

A primeira finalização de perigo foi do Santos, com Zanocelo, que pegou de primeira de fora da área e bateu firme, mas a bola passou pelo lado direito de Cássio. Depois disso, o jogo não teve muitas chances de perigo e foi de muita marcação firme das duas equipes.

Aos 15 minutos, o Corinthians chegou com perigo. Róger Guedes ficou com a bola após a troca de passes na entrada da área e finalizou rasteiro, obrigando João Paulo a desviar e colocar a bola em escanteio. A cobrança, no entanto, foi direto nas mãos do goleiro.

Poucos minutos depois, o camisa 9 perdeu grande oportunidade de abrir o placar. Mantuan e Fagner trocaram passes na área e o cruzamento rasteiro encontrou Guedes, que bateu alto de primeira, mas mandou por cima do gol. No lance seguinte, Mantuan não perdeu a oportunidade.

Giuliano começou a jogada no meio de campo e acionou Willian. O camisa 10 abriu na lateral com Lucas Piton, que cruzou na pequena área. A bola passou por Du Queiroz e encontrou Mantuan, que bateu firme de primeira para estufar a rede na Neo Química Arena.

E não demorou para a equipe alvinegra ampliar o placar. Willian trocou passes com Fagner pela direita e o cruzamento do camisa 23 foi finalizado por Du Queiroz, mas desviou em Giuliano e morreu no fundo do gol. 2 a 0 para o Timão em 27 minutos de jogo.

Pouco depois, o Timão voltou a tentar o gol com Mantuan, que invadiu a área e bateu rasteiro, mas nas mãos de João Paulo. Minutos mais tarde, o Corinthians voltou a chegar com perigo quando Mantuan fez a jogada pela esquerda. Ele acionou Róger Guedes, que invadiu a área e bateu rasteiro com força, mas mandou para fora.

Já nos minutos finais, Mantuan se livrou da marcação na entrada da área e bateu firme de longe, obrigando o goleiro a fazer a defesa em dois tempos. Pouco depois, Du Queiroz foi na linha de fundo e tentou o cruzamento, mas João Paulo afastou em escanteio. Na cobrança, não teve quem evitasse o terceiro gol corinthiano: Willian colocou a cabeça na bola de Raul Gustavo, que mandou com força para fazer o 3 a 0 na Neo Química Arena.

Segundo tempo

O Corinthians voltou sem alterações para o segundo tempo, mas com seis minutos precisou mexer. Aproveitando que teria que tirar João Victor, que sentiu dores, Vítor Pereira optou por substituir Du Queiroz também e colocou em campo Robert e Roni, respectivamente.

Aos nove minutos, Róger Guedes invadiu a área e tentou a jogada na linha de fundo, mas caiu na área e a arbitragem marou pênalti. Depois de revisar o lance no VAR, no entanto, o árbitro voltou atrás e cancelou a marcação.

Pouco depois, uma chegada do Santos também causou tumulto e necessitou o uso do VAR. Zanocelo pressionou a saída de bola do Corinthians e foi de encontrou com Lucas Piton, batendo no rosto do corinthiano. Depois do auxílio do árbitro de vídeo, o santista foi expulso.

Logo após a expulsão, o Corinthians quase chegou ao quarto gol. Piton recebeu a bola na esquerda e cruzou na medida para Mantuan finalizar, mas a defesa fez o desvio, a bola bateu na trave e saiu em escanteio.

O Corinthians voltou a mexer aos 23 minutos do segundo tempo. Vítor Pereira tirou Willian e Cantillo para colocar Adson e Xavier em campo. Minutos depois, o Santos teve falta para cobrar e levantou a bola na área corinthiana para Kaiky tentar de cabeça, mas a bola passou direto e ficou nas mãos de Cássio.

As chegadas do Santos eram praticamente inexistentes e não levavam muito perigo, mas o Corinthians seguia pressionando. E isso surtiu efeito com pouco mais de 30 minutos. A bola levantada na área encontrou Róger Guedes, que ajeitou para Xavier. Ele dominou e tocou para Giuliano marcar o quarto gol corinthiano e seu segundo na partida.

Logo após o gol, o Santos teve boa chance em contra-ataque, mas Cássio deixou o gol para fazer a defesa segura. Depois dos momentos de euforia, Giuliano deixou o campo para a entrada de Matheus Araújo.

Já nos últimos minutos, Róger Guedes cobrou falta na entrada da área e mandou a bola direto para o gol, obrigando João Paulo a colocar a bola em escanteio. A cobrança curta encontrou Adson, que foi derrubado com falta. Os santistas foram tirar satisfação com o corinthiano e uma pequena briga generalizada se iniciou. Felipe Jonatan foi advertido pela arbitragem, que pouco tempo depois assinalou o final da partida: Corinthians 4 x 0 Santos.

Veja mais em: Copa do Brasil, Corinthians x Santos, Clássico Alvinegro Paulista e Neo Química Arena.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a notícia:

x