Venha fazer parte da KTO
x

Justiça suspende pagamento milionário do Corinthians a empresário após novo recurso

13 mil visualizações 64 comentários Reportar erro

Por Meu Timão

Justiça suspendeu o pagamento que o Corinthians teria que fazer a Carlos Leite

Danilo Fernandes/Meu Timão

Nesta terça-feira, a Justiça de São Paulo suspendeu pagamento do Corinthians de R$ 10 milhões à empresa RC Consultoria Esportiva, que pertence ao empresário Carlos Leite. O Timão recorreu na segunda instância contra a decisão ao alegar falta de documentos.

A informação foi publicada pelo ge.globo. A suspensão do pagamento vem dias depois de o clube alvinegro ter um primeiro recurso pela Justiça, conforme noticiado pelo Meu Timão. O empresário acionou o Corinthians no fim do ano passado, em acordo costurado com a antiga gestão, por conta de uma dívida de R$ 10,3 milhões.

A empresa de Carlos Leite solicitou as penhoras que o Timão tem a receber da agência Brax, que explora as placas de publicidade da Neo Química Arena, por R$ 240 milhões. O clube comprovou, porém, que o empresário não apresentou à Justiça um contrato que mostre a Brax como parte, que foi aceito no último recurso.

Além disso, a RC Consultoria Esportiva alegava que o acordo entre as partes previa o pagamento da dívida, além de incluir na ação contra o Corinthians as parcelas da dívida que ainda serão vencidas, ultrapassando a casa dos R$ 22 milhões. O valor é referente a algumas intermediações de atletas junto ao clube. A empresa cobrava R$ 10 milhões à vista e 36 parcelas mensais de R$ 352,9 mil a partir de 15 de janeiro de 2024

No início de fevereiro, a defesa do empresário indicou que há mais prestações a serem recebidas, em valores que chegam a R$ 62,5 milhões. No atual elenco alvinegro, Carlos Leite agencia o goleiro Cássio e o lateral-direito Fagner.

Veja mais em: Cássio, Fagner e Elenco do Corinthians.

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: