Pacaembu 'esquece' clássico, se une em gols do Vasco e seca Corinthians

418 visualizações 0 comentários

Por Meu Timão

O jogo pegava fogo dentro das quatro linhas do Pacaembu no clássico entre Palmeiras e São Paulo. Clima tenso, empurrões, cartões amarelos e vermelho e discussões marcavam o confronto que tinha triunfo parcial da equipe alviverde - os palmeirenses venceriam por 1 a 0. Foi quando, logo após o apito final, as duas torcidas 'esqueceram' o duelo e se uniram em prol de um único gol: do Vasco, contra o Fluminense. Isso, porque o tento carioca tirava o título do arquirrival Corinthians, que sagrava-se campeão por ter derrotado o Figueirense pelo placar mínimo.

De forma inusitada, as torcidas - que ocupavam 19.145 cadeiras no estádio paulistano - gritaram em um único som a celebração efusiva pelo gol do Vasco. Por um minuto, são-paulinos se esqueceram que perdiam o clássico, palmeirenses ignoraram o fato de que não brigam por título e vaga na Libertadores e comemoraram o tento que prejudicava o rival corintiano. Alecsandro, aos 31min do segundo tempo no Engenhão, foi o responsável pela festa são-paulina e palmeirense pela primeira vez no dia.

Entretanto, a alegria durou pouco entre ambas as torcidas. Sete minutos depois, Fred 'calou' o clássico paulista ao empatar o embate no Rio de Janeiro. O resultado voltava a dar o título ao Corinthians, que abria quatro pontos de vantagem com o triunfo em Florianópolis. A apreensão retornou às arquibancadas do Pacaembu, e as duas torcidas 'lembraram' do jogo que ocorria no gramado paulista.

Enquanto isso, o clima seguia truncado no clássico. Rivaldo era expulso, os jogadores discutiam entre si e as equipes lutavam até o fim em cada bola. Nas arquibancadas, contudo, o assunto era outro. Com rádios, pela internet ou até mesmo por celular, torcedores tricolores e alviverdes ficavam com os olhos grudados no jogo do Vasco, mesmo com o árbitro Luiz Flávio de Oliveira tendo apitado o fim do duelo no Pacaembu.

As duas torcidas já deixavam o estádio de cabeça baixa, chateadas pelo título do Corinthians e com seus próprios times. Mas tudo mudou no minuto seguinte. Os palmeirenses e são-paulinos que iam embora do Pacaembu escutaram os alto-falantes do estádio anunciarem mais um gol do Vasco, aos 45min, marcado por Bernardo.

Os antes aborrecidos torcedores de ambos os times entraram em êxtase. A festa voltou a dominar o ambiente, gritos contra o Corinthians tomavam conta e ambas as torcidas estavam novamente em festa. O triunfo vascaíno tirou o título antecipado do clube do Parque São Jorge e adiou a decisão para a última rodada. Não só isso: garantiu a alegria dos dois maiores rivais corintianos, independente do resultado em campo no clássico paulista.

Fonte: Terra

Veja Mais:

  • Essa é a única certeza do Corinthians pós-paralisação

    [Vitor Chicarolli] Essa é a única certeza do Corinthians pós-paralisação

    ver detalhes
  • Corinthians interrompeu as atividades do basquete durante pandemia

    Corinthians replaneja quase 50 modalidades devido à pandemia; maioria não deve ser atingida

    ver detalhes
  • Mesmo fechado devido à pandemia, Parque São Jorge já respira as eleições de novembro

    Conselho de Orientação do Corinthians marca nova reunião, que é postergada na sequência

    ver detalhes
  • Clube deu passo importante para as eleições de novembro

    Corinthians define comissão eleitoral para eleições presidenciais de novembro

    ver detalhes
  • Vampeta durante partida comemorativa dos 20 anos do Mundial de 2000

    Vampeta diz que falta jogador corajoso no Corinthians e destaca jovem emprestado ao CRB

    ver detalhes
  • Ex-jogador explica protesto por Marielle em título do Corinthians

    VÍDEO: Ex-jogador explica protesto por Marielle em título do Corinthians

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!