Tite saboreia bala Juquinha e deixa gosto da rivalidade para o torcedor

283 visualizações 0 comentários

Por Meu Timão

O técnico Tite deixou o Orlando Scarpelli no domingo dizendo que a sensação era de ter saído do jogo com a boca doce, como se tivesse chupado uma bala Juquinha. Mas com o gol do Vasco que manteve o título em aberto restou apenas o gosto amargo da vitória carioca e da consequente interrupção de uma festa que a torcida já estava pronta para começar.

Um dia depois, nos estúdios da ESPN Brasil, o treinador recebeu um saco de balas e se divertiu com a situação. Depois, perguntado sobre o decisivo clássico contra o Palmeiras, preferiu deixar o sabor do dérbi paulista para as arquibancadas. 'Temos o lado profissional, não o do torcedor. Para o torcedor é [diferente] sim, para nós profissionais, não', afirmou durante o programa Bate Bola no início da noite desta segunda.

'Nem vou falar mais do Palmeiras porque aí pode ser que tiram alguma declaração do contexto. Tenho lá grandes amigos, vou continuar tendo, e quero ficar feliz pelo meu trabalho. Não vejo prazer nenhum em atrapalhar. Tem de ganhar e ser o melhor', completou o técnico corintiano, que ainda ontem disse que o sentimento de prejudicar o rival 'é muito pobre'.

No domingo, um empate contra o Palmeiras no Pacaembu dá o pentacampeonato ao Corinthians. Em caso de derrota, a equipe de Tite só perde o campeonato se o Vasco vencer o Flamengo no Engenhão. Para a semana decisiva, Tite admitiu que boa parte do elenco precisa mais de repouso que de treinamento.

'Tem de descansar também, uns mais e outros menos', afirmou, antes de brincar com o termo que já virou uma marca do treinador. 'Tem de ter treinabilidade. Se você tem sete meses, oito, um ano no clube tem um trabalho repetitivo de posicionamento e entrosamento', finalizou o comandante.

Fonte: ESPN

Veja Mais:

  • Corinthians interrompeu as atividades do basquete durante pandemia

    Corinthians replaneja quase 50 modalidades devido à pandemia; maioria não deve ser atingida

    ver detalhes
  • Essa é a única certeza do Corinthians pós-paralisação

    [Vitor Chicarolli] Essa é a única certeza do Corinthians pós-paralisação

    ver detalhes
  • [Lucas Faraldo] Os sonhos do Corinthians por Tevez e Jô

    ver detalhes
  • Mesmo fechado devido à pandemia, Parque São Jorge já respira as eleições de novembro

    Conselho de Orientação do Corinthians marca nova reunião, que é postergada na sequência

    ver detalhes
  • Clube deu passo importante para as eleições de novembro

    Corinthians define comissão eleitoral para eleições presidenciais de novembro

    ver detalhes
  • Vampeta durante partida comemorativa dos 20 anos do Mundial de 2000

    Vampeta diz que falta jogador corajoso no Corinthians e destaca jovem emprestado ao CRB

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!