90% dos ingressos no Paraguai serão da torcida do Corinthians

4.8 mil visualizações 12 comentários

Por Meu Timão

Torcedoras foram recepcionar o Corinthians em Foz do Iguaçu

Torcedoras foram recepcionar o Corinthians em Foz do Iguaçu

A situação do Corinthians na Libertadores está tranquila. A equipe precisa apenas de um ponto em casa, nesta quarta-feira, contra o Nacional, para avançar à próxima fase. Sim, leitor, você não leu errado: o Timão vai jogar em casa. Visando uma maior renda, os paraguaios mudaram o local da partida: da capital Assunção para Ciudad del Este, na divisa com o Brasil.

“Mas Ciudad del Este fica no Paraguai. Não tem essa de mando”, pode argumentar o torcedor. Mas a história não é tão simples. Para começar, a sede do Nacional está localizada a mais de 300 km do local da partida, o Estádio 3 de Febrero.

Já os brasileiros que gostam de caminhada podem até ir a pé ao jogo, pois a divisa com Foz do Iguaçu, no Paraná, fica a pouco mais de 4 km do estádio.

Para se ter uma ideia da proximidade do estádio com a fronteira, basta fazer uma comparação simples. Quando fica concentrado no CT do Parque Ecológico e vai ao Pacaembu, o ônibus do Timão percorre cerca de 22 km. A distância do hotel, em Foz do Iguaçu, para o local da partida é de 6 km.

Até o site especializado na cobertura do clube paraguaio coloca o jogo como Corinthians x Nacional. Não ficou satisfeito? Aí vai mais um argumento: no Paraná, o Corinthians conta com a maioria dos torcedores — mesmo quando a comparação é com os times locais, como Atlético Paranaense e Coritiba.

“Mas, no Paraguai, há mais torcedores do Nacional”, você pode pensar. Sim, é verdade. Mas esses fãs terão de se espremer nos três mil lugares disponíveis no estádio. Outros 25 mil, quase 90% do total dos ingressos, são destinados aos visitantes, que organizam caravanas para Ciudad del Este.

Nem mesmo os preços altos — a entrada mais barata sai por R$ 95 — afastaram os fanáticos alvinegros. “O Corinthians nunca joga nesses lados. Nem se custasse R$ 500, eu deixaria de ver essa partida”, diz o comerciante Paulo Mirato.

Só Negócios/ A Online, empresa responsável por comercializar o confronto, pagou uma quantia fixa ao Nacional e espera recuperar esse valor na bilheteria. Até esta segunda às 22h, 12 mil entradas haviam sido negociadas. A expectativa? É vender 21 mil.

Quem vê os benefícios a favor do Timão acha que o Nacional não tem mais chances na Libertadores. Mas o time depende apenas de si para avançar. Caso vença Corinthians e Cruz Azul, classifica-se ao menos como segundo do Grupo 6.

Fonte: Rede Bom Dia

Veja Mais:

  • Corinthians interrompeu as atividades do basquete durante pandemia

    Corinthians replaneja quase 50 modalidades devido à pandemia; maioria não deve ser atingida

    ver detalhes
  • Essa é a única certeza do Corinthians pós-paralisação

    [Vitor Chicarolli] Essa é a única certeza do Corinthians pós-paralisação

    ver detalhes
  • [Lucas Faraldo] Os sonhos do Corinthians por Tevez e Jô

    ver detalhes
  • Mesmo fechado devido à pandemia, Parque São Jorge já respira as eleições de novembro

    Conselho de Orientação do Corinthians marca nova reunião, que é postergada na sequência

    ver detalhes
  • Clube deu passo importante para as eleições de novembro

    Corinthians define comissão eleitoral para eleições presidenciais de novembro

    ver detalhes
  • Vampeta durante partida comemorativa dos 20 anos do Mundial de 2000

    Vampeta diz que falta jogador corajoso no Corinthians e destaca jovem emprestado ao CRB

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: