Guilherme
Guilherme

26 anos

Guilherme Campos

Torcedor do site número: 9.393, cadastrado desde 10/04/2012

Aqui é Corinthians

male

Acessos no Meu Timão

Último acesso em 24/11/2019

Atividade no Meu Timão

Ranking do Fórum

9.773º lugar

Ver Ranking

Ranking de comentários

Faltam 29 comentários para o Guilherme entrar no ranking

Ver Ranking

21 Comentários

95% de aprovação

85 Posts

36% de aprovação

10 Tópicos

41.955 Visualizações

10.489 Views por tópico

Última atividade no site em 24/11/2019 às 12h06

Atividades do Guilherme no Meu Timão

Última interação no site em 30/07/2019 às 19h36

  • Guilherme

    Guilherme comentou no post: "O Corinthians em meio a barbárie"

    há 6 meses

    Com certeza deveriam perguntar que mandou matar Bolsonaro, pois essa história ficou muito mal contada, ele que sempre usou segurança, no dia estava sem, o filho que ue frequentava o mesmo clube de tiros do Adélio, e nunca ia nas campanhas, no dia estava presente, e depois calam tudo isso com história que o cara é louco. Também deveriam perguntar onde está o Queiroz. Única coisa que você falou de errado foi em não misturar Corinthians com política, o time só chegou até aqui e se tornou grande pelas suas lutas políticas sempre a favor do povo, contra a desigualdade social desde sua fundação e sempre também contra governos autoritários como na época que bateu de frente com Getúlio Vargas ou na época da democracia Corintiana, que trazia para o time aquilo que muitos queriam em plena ditadura militar, o direito de ser livre.

    detalhes do comentário
  • Guilherme

    Guilherme postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Eu tenho pena é de um pai de família sustentar uma família com um salário mínimo..René Júnior."

    há 7 meses

    Nunca vi nem reportagem e nem comentário nesse site pedindo pra ter pena dele, tópicozinho pra ganhar confete esse seu eim

    detalhes do post
  • Guilherme

    Guilherme comentou no post: "'Futebol é business'. E se o Corinthians excursionar pelo Norte e Nordeste do Brasil?"

    há 7 meses

    A ideia é ótima mas os jogadores não teriam essa humildade de enfrentar as adversidades de jogar nesses lugares.

    detalhes do comentário
  • Guilherme

    Guilherme postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Precisamos jogar com dois volantes?"

    há 9 meses

    Não é questão de precisar, é que os tanto Ralf como Junior Urso tem vagas garantidas no time, jogam demais, difícil mandar um dos dois para o banco pra botar mais um meia, ainda mais se for meia-boca!

    detalhes do post
  • Guilherme

    Guilherme postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "O Pacaembu que a nós foi negado!"

    há 9 meses

    Com certeza, até concordo com a privatização e em dar um melhor uso, o problema está nas falhas que teve nesse processo, e como e irá exclui uma parcela da população, como por exemplo no complexo esportivo que hoje é livre, basta apenas fazer a carteirinha para usar das 9 as 17, e passará a ser limitado para 5 horas semanais, a derrubada do tobogã que é um setor popular e icônico para que seja construído um shoppingzinho com restaurantes, lojas, hotéis, etc... Trocando assim o acesso ao esporte da população por empreendimentos, que a cidade já tem aos montes, onde estará quem tem para gastar, e o espaço para a população nesse ambiente fica reservado apenas a empregados, deixaram de usufruir para servir.

    detalhes do post
  • Guilherme

    Guilherme postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "O Pacaembu que a nós foi negado!"

    há 9 meses

    Obrigado meu consagrado, pois é eles tetam passar a ideia que é realmente tudo no preto e no branco, que o sistema de privatização é a coisa mais linda e limpa que existe. Anos de politicas de merdas, feitos por políticos de merdas, patrocinados pelos grandes empresários que mesmo agora ainda podem fazer doações a campanhas como pessoas físicas, sucateando o serviço publico e fazendo a população crer que o estado não dá conta de nada, que tudo que é publico será ruim, para assim poderem rifar o país. Poderiam ter concedido ao Corinthians mas não seria tão vantajoso aos administradores públicos quanto será uma grande empresa, quem sabe até alguma estrangeira.

    detalhes do post
  • Guilherme

    Guilherme postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "O Pacaembu que a nós foi negado!"

    há 9 meses

    Preguiça de você irmão, já falei que o objetivo não era ser técnico, e tu me vem com 'faça então' rsss

    Mas sendo breve, quando usei 'movimentar' entre aspas estava falando das grandes proprinas que rola nesses tipos de jogadas entre Estados e Empresas.

    É lógico que eu sei o porque o Corinthians não ficou com o Pacaembu já até mencionei, mas em referência a administração de arenas o Corinthians não só está administrando como também pagando a Arena Corinthians sem precisar ceder sua casa para shows como a arena dos porcos, que na verdade nem são eles que mandam lá por enquanto, e querer comparar a capacidade do Santos com a do Corinthians é falta de noção ou mal caratismo da sua parte.

    E por último já falei também, o sucateamento, os gastos, são projetos para gerem privatizações, num país onde os grandes magnatas são os que mais investem em campanhas políticas, e como bem sabemos quem paga a festa escolhe a música. Nesse modelo de estádio o pobre só entraria como você bem falou para servir.

    detalhes do post
  • Guilherme

    Guilherme postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "O Pacaembu que a nós foi negado!"

    há 9 meses

    Patética é a sua arrogância, primeiramente que se a intenção fosse fazer um texto técnico eu teria feito e com mais dados e menos massante que o apresentado por você, a intenção era contrapor o boicote com a atual consessão pois certamente o Corinthians administraria tão bem ou até melhor que as grandes empresas, porém não tem a mesma força econômica para 'movimentar' o necessário para esses políticos que fazem do sucateamento um projeto para privatização. Se a intenção fosse meramente se livrar dos gastos do estado o Corinthians sempre foi a melhor opção, sutentou ele por anos, assim como sustentou o Morumbi, mas preferiram dar dez anos de gastos ao contribuinte para que ai surgissem a sempre milogrosa alternativa de entregar para setores privados. Sobre o tobogã pode não ser um primor arquitetônico, mas historicamente falando o setor tem uma importância grande para as torcidas populares, principalmente a do Corinthians que ali comemorou tantos títulos, a demolição é um caminho despereitoso, o próprio projeto do Corinthians já mostrava alternativa mais interessante. E essa modernidade harmoniosa com certeza será o fator derradeiro para separar o Pacaembu do povo, se tornando um estádio, ou casa de shows para servir as elites.

    detalhes do post
  • Guilherme

    Guilherme postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "O Pacaembu que a nós foi negado!"

    há 9 meses

    Dez anos atrás, em abril de 2009 essa era umas principais noticias da revista placar. Um projeto do Rosenberg que consistia em assumir o estádio em concessão de 30 anos e previa uma reforma que viria a transformar o estádio em uma arena moderna para 45 ou até 50 mil torcedores. E mesmo depois de das melhorias após o tempo da a concessão seria devolvido a prefeitura.

    O que todos sabemos é que esse sonho ou delírio não foi pra frente, não tomou forma, não por falta de vontade do Corinthians ou da sua torcida, mas sim por por boicote ao time, não queriam ver o Timão com uma casa própria. Hoje 10 anos depois, com poucos jogos e sucateado (talvez intencionalmente*) está em processo de privatização. Um processo que além de todo o absurdo dessa história ainda tem um edital cheio de falhas que permite por exemplo até mesmo a derrubada do tobogã, caso seja a vontade da empresa vencedora. Um estádio do povo, negado para o time do povo, mas que agora ficará a mercê de empresários.

    detalhes do post
  • Guilherme

    Guilherme comentou na notícia: "Filme do Corinthians deve sair do papel e produtor já fala em bater recorde de bilheteria"

    há 9 meses

    Não me animou muito esse elenco não! Narração do Datena, com o Jorge como protagonista, acho que se é pra contar história da periferia podiam dar chances para atores vindo dela, como foi em Cidade de Deus, já que vão lucrar com a romantização da pobreza que apoiem quem a vive, com certeza já começaram desperdiçando esse fator que poderia dar um "up" incrível no filme. Em questão de qualidade pelo menos não tem o que falar de Antônio Fagundes e Marília Gabriela pelo menos. Mas apesar desses fatores irei ver por ser sobre Corinthians, e o time lucar com isso.

    detalhes do comentário
`